sábado, 28 de fevereiro de 2009

O Mestre do Horror



Stephen King é um dos maiores escritores do gênero suspense e terror da atualidade. Conhecido mundialmente, ele se transformou num fenômeno editorial tornando-se o maior escritor popular de todos os tempos. Suas obras já foram traduzidas em mais de 30 idiomas nos 4 cantos do mundo.
Americano do estado do Maine, Stephen Edwin King nasceu no dia 21 de Setembro de 1947. Se formou na University of Maine em 1970, obtendo o título de Bachelor of Science em Inglês. Casou-se com Tabitha Spruce, poeta e escritora, no ano seguinte com quem está casado até hoje.

Trabalhando como professor de inglês e escrevendo à noite e nos fins-de-semana, King vendeu contos de ficção a variadas revistas. Somente em 1973 viria a encontrar um comprador para o seu primeiro romance, Carrie, a história de uma adolescente infeliz com habilidades psíquicas que não pode controlar. O livro se tornou um Best seller e no ano seguinte virou filme nas mãos do então desconhecido Brian de Palma, o que lhe permitiu abandonar o ensino para se dedicar à escrita em tempo integral.

Depois tudo o que escreveu virou sucesso. Vários das obras conseguiram mesmo reunir a aprovação quase unânime dos leitores, livreiros e críticos literários! Entre 1977 e 1984, publicou ainda cinco romances sob o pseudônimo de Richard Bachman, antes de a sua identidade secreta ser revelada.

Em 2004 lançou uma serie para o canal BBC, Kingdom Hospital onde King impõe seu estilo assustador num drama assombrado por fantasmas de crianças, psiquiatras e cirurgiões sinistros e manifestações bizarras da natureza. Em Kingdom Hospital, Stephen King estréia como produtor e ator de uma série de TV e mostra que seu talento vai muito além das páginas dos livros e das telas dos cinemas.

Não tendo aversão às novas tecnologias, King editou recentemente um produto multimídia, Stephen King's F13, que é distribuído em Portugal e ainda uma novela virtual de 70 páginas, Ride the Bullet, vendida exclusivamente pela Internet. Hoje, Stephen King talvez seja o escritor de língua inglesa mais lido em todo o mundo.
É também o escritor com maior número de obras adaptadas para o cinema ou televisão. São poucos os seus contos, novelas ou romances que não ainda não foram adaptados.
Atualmente, Stephen King vive com sua esposa e três filhos em Bangor, no Maine e continua escrevendo e também emprestando seu talento para o cinema.

Principais Obras:
* Carrie, a Estranha (Carrie)
* A Hora do Vampiro (Salem's Lot)
* O Iluminado (The Shining)
* A Dança da Morte (The Stand)
* A Zona Morta (The Dead Zone)
* A Incendiária (Firestarter)
* Cão Raivoso (Cujo)
* Dança Macabra (Danse Macabre)
* Quatro Estações (Different Seasons) ¹
* The Running Man (sob o pseudônimo Richard Bachman)
* Christine,O Carro Assassino (Christine)
* O Cemitério (Pet Sematary)
* O Talismã (The Talisman) (escrito em parceria com Peter Straub)
* A Maldição do Cigano (Thinner) (sob o pseudônimo de Richard Bachman)
* Tripulação de Esqueletos (Skeleton Crew) ²
* A Coisa (It)
* Angústia (Misery)
* Os Estranhos (The Tommyknockers)
* A Torre Negra - Volume I: O Pistoleiro (The Dark Tower - Volume I: The Gunslinger)
* A Torre Negra - Volume II: A Escolha dos Três (The Dark Tower - Volume II: The Drawing of the Three)
* A Torre Negra - Volume III: As Terras Devastadas (The Dark Tower - Volume III: The Waste Lands)
* A Torre Negra - Volume IV: Mago e Vidro (The Dark Tower - Volume IV: Wizard and Glass)
* A Torre Negra - Volume V: Lobos de Calla (The Dark Tower - Volume V: Wolves of Calla)
* A Torre Negra - Volume VI: Canção de Susannah (The Dark Tower - Volume VI: Song of Susannah)
* A Torre Negra - Volume VII: A Torre Negra (The Dark Tower - Volume VII: The Dark Tower)
* A Torre Negra - Volume VI: Canção de Susannah (The Dark Tower - Volume VI: Song of Susannah)
* A Torre Negra - Volume VII: A Torre Negra (The Dark Tower - Volume VII: The Dark Tower)
* Eclipse Total (Dolores Claiborne)
* Pesadelos e Paisagens Noturnas - Volume I (Nightmares & Dreamscapes)
* Pesadelos e Paisagens Noturnas - Volume II (Nightmares & Dreamscapes)
* Insônia (Insomnia)
* Rose Madder (Rose Madder)
* O Corredor da Morte (The Green Mile)³
* Desespero (Desperation)
* Os Justiceiros (The Regulators) (sob o pseudônimo de Richard Bachman)
* Saco de Ossos (Bag of Bones)
* O Apanhador de Sonhos (Dreamcatcher)
* A Casa Negra (Black House) (seqüência de "O Talismã"; escrito em parceria com Peter Straub) * Buick 8 (From a Buick 8)
* Celular (Cell)



¹ - Livro de Contos de onde saíram os filmes Conta Comigo (Stand by Me) e Um Sonho de Liberdade (The Shawshank Redemption)
² - Livro de contos de onde saiu o filme recente O Nevoeiro (The Mist)
³ - Filme À Espera de um Milagre (The Green Mile)

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Não, eu não vou comentar no seu blog.


‘’PRESTENÇÃO’’
Nos últimos tópicos postados por aqui tenho recebido muitos comentários com conteúdos bem interessantes que mostram a opinião verdadeira do leitor, mas também tenho recebido outros lamentáveis. Eu já fiz uma reclamação formal aqui em relação a essas coisas que vão deixando tipo ‘legal’, ‘gostei do blog’, ‘comente no meu também’... mas as coisas estão se acentuando de tal forma que está dando raiva. E não apago o comentário, no mínimo preguiçoso, para que todos possam ver o nível de inteligência do sujeito.

Na postagem sobre Chico Buarque o tal Calango Azedo deixou um Ixi jative aki (?????) e não satisfeito repetiu a mesma frase de impacto na postagem Quem quer seu um Milionário?
Nessa mesma postagem tem dois comentários excluídos. Seus autores devem ter ficado com vergonha e se deletaram de lá. Como já disse deixo a vergonha de todos a mostra!

Na postagem sobre o Holocausto – O que passa na cabeça deles?, o Jonatas me deixou boquiaberta: BLOG MAÇA AE VLW (e meu blog nem é sobre comida!!!) e a Avassaladoras disse: Polêmico mesmo, nem vou me alongar no comentário!!!

Nas postagens sobre carnaval deu de tudo, mas teve uma que foi um arraso e não posso deixar de colar aqui:
Deni:
num vo ler sob carnaval naum..num gosto mto
kkkkkkkkkkkkk (qual é a graça?)
alías vo t convidar a ir no meu aki,
pq vo comentar o framboesa...q beleza!... (só fui convidada porque ele passou no Framboesa, snif)
[red]sexta-feira 13 - passado-
videos insanos e não tão insanos (é insano ou não é)
comentários ardilosos e sarcasticos (tenho medo do que venha ser ardiloso na cabeça dessa criatura)
montagens cruéis (meda)
noticias noticiosas mto válidas (chamem o Aurélio)
curiosidades em geral e mais em: (não, não quero mais, por favor)
[/red][b]
www.--------------------------.spaceblog.com.br
[/b]abraço e bãum FDs
(e não foi só esse, essa criatura vive fazendo merchandising no meu espaço de comentários!)

É um show de criatividade e só estou comentando os mais recentes.

Outra coisa.
Eu comento nos blogs que sou seguidora e também quando os comentários que deixam por aqui são inteligentes e com conteúdo (como aconteceu com a Garota Pendurada). Não adianta me pressionar, implorar, ameaçar porque não vou comentar no seu blog só porque comentou no meu com o famoso ‘Bom blog, comente no meu’ ou ‘Entra no meu blog e comenta tah’ ou ‘agora visite o meu blog’ ou ‘Comenta no meu blog, tb, ok?’ e ainda ‘atualizei o meu blog, vá ver’ e por aí vai...

Não adianta, eu não vou comentar no seu blog!

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

O que passa na cabeça deles?

O bispo católico Richard Williamson que causou uma polêmica internacional ao negar a extensão do Holocausto está de volta a sua terra natal, a Grã-Bretanha.
Na semana passada, o governo da Argentina, onde morava o bispo, deu a ele dez dias para deixar o país ou ser expulso, citando irregularidades na sua solicitação de imigração e condenando seus comentários sobre o Holocausto, chamando-os de "profundamente ofensivos à sociedade argentina, ao povo judeu e à humanidade". Foi expulso!
Ultraconservador, ele disse acreditar que não morreram mais do que 300 mil judeus nos campos de concentrações nazistas e que as câmaras de gás nunca existiram. O número amplamente aceito é de 6 milhões de judeus mortos.
A Argentina é lar de uma das maiores comunidades judias fora de Israel. O ministro do Interior da Grã-Bretanha não quis comentar o caso. Negar o Holocausto não é um crime específico na Grã-Bretanha.
Cercado por um grupo de policiais armados e seguranças particulares, Williamson se recusou a responder as perguntas dos repórteres antes de ser retirado do aeroporto de Heathrow e colocado em um carro preto, que o esperava.

O papa Bento 16 irritou líderes judeus e muitos católicos em janeiro, ao suspender a excomunhão de Williamson e três outros tradicionalistas, revertendo uma decisão do Vaticano em 1988.
O Vaticano exigiu que Williamson retirasse o que disse, mas o bispo respondeu que precisa de mais tempo para rever as provas da existência do Holocausto.
Organizações judias e a chanceler alemã, Angela Merkel, criticaram o papa pela suspensão da excomunhão de Williamson, que pertence à Sociedade de São Pio X.
A negação do Holocausto é um crime na Alemanha, e os promotores da cidade de Regensburg estão investigando Williamson pelos comentários.
Sites e blogs neonazistas publicaram textos apoiando a posição de Williamson.

...

Hoje, um tribunal alemão condenou um advogado de ultradireita por três acusações de incitação ao ódio racial e por negar a ocorrência do Holocausto. Horst Mahler foi sentenciado a seis anos de prisão.
Mahler, 73 anos, ex-militante da esquerda, foi um dos fundadores da Fração do Exército Vermelho, mais tarde se tornou um ativista de direita e aderiu ao partido neonazista NPD em 2000.
Na Alemanha, negar o Holocausto é crime passível de pena de cinco anos de prisão.
Mahler é reincidente, e foi condenado a um ano adicional por não ter se arrependido, disse o tribunal.
Ele foi indiciado depois de proferir um discurso no qual negou a existência do Holocausto, e depois de divulgar notas nesse sentido pela Internet. Durante o julgamento, até suas alegações finais, manteve sua postura.
...
O mundo está ficando doido ou sou eu que não entendo mais nada??

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Quem Quer Ser Um Milionário?


O filme do diretor Danny Boyle foi a grande estrela do Oscar 2009. Arrebatou 8 estatuetas. O longa faturou as seguintes categorias: melhor roteiro adaptado, fotografia, mixagem de som, canção original, trilha sonora original, montagem, melhor diretor e melhor filme.

''Jamal Malik (Dev Patel) é um jovem analfabeto de 18 anos, vem de uma família das favelas de Mumbai, Índia, e está prestes a experimentar um dos dias mais importantes de sua vida. Ele entra em um programa de TV de perguntas e respostas e consegue surpreender a todos, mais quando chega ao maior prêmio do programa de 20 milhões de rúpias ele é preso, acusado de trapaça no jogo, mais o que ele queria era mesmo era aparecer na TV para reencontrar o seu verdadeiro amor.
Desesperado para provar sua inocência, Jamal conta a história da sua vida na favela - onde ele e o irmão cresceram -, as aventuras juntos, os enfrentamentos com gangues e traficantes de drogas e até mesmo o amor por uma garota.''


Quem quer ser um Milionário não teve uma boa aceitação na India (país onde se passa a história) por retratar o país miserável de suas favelas, a situação decadente de seus moradores como o do protagonista, além do polêmico título original da obra - Slumdog Milionaire (Cão de Favela Milionário). Diz-se ainda de exploração do trabalho infantil pela produção do longa. As crianças que atuam no filme foram fotografadas ainda morando em favelas sub-humanas duas semanas antes da Festa do Oscar. Os cineastas se defendem dizendo que pagaram pelos 30 dias de trabalho das crianças, deram às famílias uma pequena ajuda mensal e abriram poupanças que só poderão usar quando se formarem. Descrevem a quantidade de dinheiro colocada na poupança como substancial, mas não revela o valor por medo de tornar as crianças suscetíveis à exploração.
Com tantas estatuetas, mais de 60 prêmios desde que estreiou e muita polêmica acho que vale a pena dar uma conferida.

Os outros ganhadores:

Melhor ator - Sean Penn (Milk – A voz da liberdade)
Melhor atriz - Kate Winslet (O Leitor)
Melhor ator coadjuvante - Heath Ledger (Batman – O cavaleiro das trevas)
Melhor atriz coadjuvante - Penelope Cruz (Vicky Cristina Barcelona)
Melhor filme de língua estrangeira - Departures, de Yojiro Takita (Japão)
Melhor edição de som - Batman – O cavaleiro das trevas
Melhor efeitos especiais - O curioso caso de Benjamin Button
Melhor maquiagem - O curioso caso de Benjamin Button
Melhor figurino - A Duquesa
Melhor direção de arte - O curioso caso de Benjamin Button
Melhor longa de animação - Wall.E
Melhor roteiro original - Milk – A voz da liberdade

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Ria Sempre!!!

"Rir de tudo é coisa dos tontos, mas não rir de nada é coisa dos estúpidos."
(Erasmo de Rotterdam)

Tive comprovação disso em pleno sábado de carnaval.
Fiquei triste, mas o que se há de fazer?
Seguir em frente e não ser igual, não me tornar uma estúpida!!!


sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

É a visão do inferno

E eu nem estava indo viajar. Ontem tive que ir ao Rio de Janeiro. Estou na Serra a 60km da cidade maravilhosa e descer é mole, chego ao centro do Rio em 1 hora.
E o Centro é que me interessa.
Viva o carnaval.
Desci justamente para fazer agrados aos meus filhos e comprar máscaras, confetes e serpentinas na famosa Saara, uma rua onde você encontra de tudo por um preço bem legal. Para se ter uma idéia é a 25 de março carioca.
No meio da serra caiu uma tempestade que já me atrasou uns minutos preciosos, mas a coisa ficou catastrófica assim que entrei na Linha Vermelha: um engarrafamento desproporcional para uma quinta feira.
Viva o carnaval².
O povo a cada ano que passa pega a estrada mais cedo. Ninguém trabalha mais??? Eu fiquei presa por duas horas num trajeto que levaria 15 minutos. E pior, fiquei presa num trecho que o mundo inteiro conhece como polo de violência, assaltos e balas perdidas... aff.
Conclusão, as lojas fecharam e nada foi comprado.
Eu não viajo em feriados prolongados.
No ano de 97 numa semana santa demorei 12 horas para voltar do litoral enquanto o normal seriam 3 horas. De lá pra cá me prometi não fazer mais a loucura de sair de casa em dias que todos os mortais saem.
Não podia nunca imaginar que o pessoal já estava viajando.
Se eu fosse o Lula, nosso amado presidente, salve, salve, decretava carnaval, feriado nacional, fevereiro inteiro. Pelo menos ficava mais fácil de me programar.
Talvez compraria os artigos carnavalescos no Natal.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

"Talvez num tempo da delicadeza..."

Eu já respondi um MeMe (que até hoje não sei explicar muito bem o que é) somente com músicas de Chico Buarque, mas este homem é sempre inspirador para escrever mais e mais.
Mas vou fazer um resumão, pois aqui tem é história para se contar.
Ele é geminiano. Nasceu dia 19 de junho de 1944 no Rio de Janeiro, bem ali no Largo do Machado.
Francisco Buarque de Hollanda.
Aos 10 anos mudou-se com a família para Itália. Seu pai socióloga e sua mãe pianista recebem muitos intelectuais e artistas, entre eles, Vinicius de Moraes.
Suas primeiras canções foram feitas por volta dos 12/13 anos como brincadeiras com as irmãs e nesse período também surge o interesse pelo futebol. Quem conhece Chico sabe que ele é tricolor!
A influência musical decisiva vem com o inicio da Bossa Nova e o LP Chega de Saudade.
No início dos anos 60 ele também escreve. Assina suas primeiras crônicas no jornal da escola, pouco antes de entrar para a Universidade em São Paulo. Em 64 se lança aos poucos e um ano depois lança seu primeiro compacto, Pedro Pedreiro.
Bem, daí pra frente a história de sucesso é mais conhecida. Vence os Festivais de Música Popular Brasileira, casa-se com a atriz Marieta Severo, tem problemas com a censura, participa de protestos contra a ditadura e acaba exilado (um auto-exílio) na Itália.
Voltou ao Brasil em 70 e sua carreira decolou ainda mais.
Em 98 foi homenageado pela Mangueira na avenida e conquista o título.
Teve parcerias incríveis como Vinicius de Moraes, Tom Jobim, Caetano, Gilberto Gil, Maria Bethânia, Edu Lobo, Milton Nascimento, Ney Matogrosso...
Foi também ator em garota de Ipanema, Quando o Carnaval Chegar e Amor Vagabundo.
Quase 50 anos de uma carreira brilhante!


Seus textos:
.Roda Viva (teatro)
.Calabar (teatro)
.Fazenda Modelo (novela)
.Quando o Carnaval Chegar (cinema)
.Os Saltimbancos (teatro - tradução e adaptação)
.Os Saltimbancos Trapalhões (cinema – música e argumentos)
.Chapeuzinho Amarelo (livro infantil)
.Gota D’Água (teatro)
.Ópera do Malandro (teatro)
.Para Viver um Grande Amor (cinema)
.A Bordo do Rui Barbosa (poemas)
.O Grande Circo Místico (teatro)
.Estorvo (romance)
.Budapeste (romance – prêmio Jabuti em 2004)
.Benjamim (romance)


Discografia Completa:
1966: Chico Buarque de Hollanda
1966: Morte e Vida Severina
1967: Chico Buarque de Hollanda vol. 2
1968: Chico Buarque de Hollanda (compacto)
1968: Chico Buarque de Hollanda vol. 3
1969: Umas e Outras (compacto)
1969: Chico Buarque na Itália
1970: Apesar de Você
1970: Per un Pugno di Samba
1970: Chico Buarque de Hollanda - Nº4
1971: Construção
1972: Quando o Carnaval Chegar
1972: Caetano e Chico Juntos e ao Vivo
1973: Chico Canta
1974: Sinal Fechado
1975: Chico Buarque & Maria Bethânia ao Vivo
1976: Meus Caros Amigos
1977: Cio da Terra compacto
1977: Os Saltimbancos
1977: Gota d'Água
1978: Chico Buarque
1979: Ópera do Malandro
1980: Vida
1980: Show 1º de Maio (compacto)
1981: Almanaque
1981: Saltimbancos Trapalhões
1982: Chico Buarque en Espanhol
1983: Para Viver um Grande Amor
1983: O Grande Circo Místico
1984: Chico Buarque (Vermelho)
1985: O Corsário do Rei
1985: Malandro
1986: Melhores Momentos de Chico & Caetano
1986: Trilha Sonora do Filme "Ópera do Malandro"
1987: Francisco
1988: Dança da Meia-Lua
1989: Chico Buarque
1990: Chico Buarque ao vivo Paris Le Zenith
1993: Paratodos
1995: Uma Palavra
1997: Terra
1998: As Cidades
1998: Chico Buarque da Mangueira
1999: Chico ao Vivo
2001: Chico e as cidades (DVD)
2001: Cambaio
2002: Chico Buarque – Duetos
2003: Chico ou o país da delicadeza perdida (DVD)
2005: Meu Caro Amigo (DVD)
2005: A Flor da Pele (DVD)
2005: Vai passar (DVD)
2005: Anos Dourados (DVD)
2005: Estação Derradeira (DVD)
2005: Bastidores (DVD)
2006: O Futebol (DVD)
2006: Romance (DVD)
2006: Uma Palavra (DVD)
2006: Cinema (DVD)
2006: Saltimbancos (DVD)
2006: Roda Viva (DVD)
2006: Carioca (CD + DVD com o documentário Desconstrução)
2007: Carioca Ao Vivo
2007: Carioca Ao Vivo (DVD)

Fiquei em dúvida em como terminar esse post, porque acho que a grandiosidade de Chico não tem fim...


"Depois de te perder,
Te encontro, com certeza,
Talvez num tempo da delicadeza,
Onde não diremos nada;
Nada aconteceu.
Apenas seguirei
Como encantado ao lado teu."

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Sorriso Fácil

Hoje a Juh me presenteou. Criou um selo de seu blog O Instável Mundo da Juh e fui logo uma das primeiras escolhidas. Que bom que a faço sorrir com meu blog. Espero que outras pessoas se sintam assim também.
No selo ela me pediu para indicar 7 outros blogs e descrever aqui 7 coisas que me fazem sorrir...

1 - As gargalhadas de Carmen, minha filhota, para algo sem graça.


2 – A cara de desentendido de João, meu filhote, quando falamos algo pra ele pela terceira vez (puro fingimento).


3 – Telefonemas inesperados que me mandam revirar o armário, arrumar a bolsa e um sonoro: “estarei aí em 15 minutos!” (Oba, sair sem rumo).


4 - Acordar com o barulhinho da chuva num dia que não preciso trabalhar. Saber que poderei saborear aquela pipoca sem culpa embaixo do edredom... ai ai.


5 - Abrir a conta do telefone e descobrir que por um milagre qualquer ela abaixou.


6 - Presentear a pessoa que amo e ver sua reação. Claro a reação tem que ser boa senão tenho vontade de me enfiar num buraco.


7 - O reencontro de um amigo querido que há muito não vejo. Sabe aquele encontro inesperado no meio da rua que você larga tudo que tem na mão para dar um abraço apertado?

Muitas outras coisas me fazem sorrir, mas regra é regra.
Só dicas: família, palavra certas nas horas certas, cheiro de mar, brisa fresca, chocolate quente, boa música, lilás, margaridas...

Queria dar este selo a todos os blogs que visito*, mas regra é regra [2]

. Casório da Mê e do Ulisses (vivo dando gargalhadas com esses dois!)
. FotoFalada (quem não conhece está perdendo a chance de rir um bocado)
. Blog da Ana (e quem disse que todo mundo que faz dieta é mal humorado?)
. Crônicas de um Suburbano (tenho que rir com todo aquele sarcasmo)
. Homenzinho de Barba Mal Feita (Inteligência também me faz sorrir)
. Trinta e Poucos Anos (quando quero me divertir, passo lá)
. Café com Noticias (inteligência também me faz sorrir ²)

* Sei que muitos não gostam de receber selos, se você se enquadra aqui, favor desconsiderar!!!!... rsrsrs

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Carnaval Democrático

De uns anos pra cá os cariocas retomaram a tradição dos blocos de rua no carnaval do Rio de Janeiro. Sem muito destaque na mídia, que é totalmente voltada para a Marquês de Sapucaí, mas com alegria transbordando pela cidade, os blocos fazem a curtição dos foliões o mês inteiro com criatividade e irreverência.
Tem pra todos os gostos, em vários bairros com horários diversos.
O Cordão do Bola Preta é o apogeu do carnaval de rua carioca. Centenas de milhares chegam de todas as partes da cidade para partcipar da agremiação de rua mais antiga do Rio de Janeiro. A concentração acontece em frente ao teatro Municipal e segue pela Av Rio Branco sem fazer distinção entre os foliões: pobre, rico, branco, preto, jovens e idosos participam da festa.
O Simpatia Quase Amor é o mais tradicional e animado bloco da Zona Sul. São milhares de pessoas cantando e vendo o belissimo por do sol de Ipanema.
O Suvaco de Cristo é no Jardim Botânico, bem ali embaixo do Cristo, daí o nome, claro.
Carmelitas é em Santa Teresa. O povo vai fantasiado com as cores do bloco, mas o grande barato é sair com o capuz de freira. O Bloco é animadíssimo.
O Bloco dos Cachaças desfila na Barra da Tijuca e os organizadores são os vencedores do concurso de marchinhas da Fundição Progresso 2009. Cachaça e boa música, não tem como ficar ruim, não é?
O Cordão do Boitatá na Praça XV, Centro, desfila sem carro de som. Apenas músicos e seus instrumentos de sopro e percussão anima o povo na manhã do domingo de carnaval, passando pelas ruas estreitas e casarios antigos há quem diga que é o desfile mais bonito. Um dos grandes charmes do Cordão é que quase 100% dos foliões vão com fantasias bem-humoradas e caprichadas.
E tem muito, muito mais...
Carioca da Gema, Cachorro Cansado, Cacique de Ramos, Banda de Ipanema, Xupa... mas não Baba, Pede Passagem, Sufridos de Copacabana, Empurra que Pega, Largo do Machado... Mas não Largo do Copo e por aí vai...
Ipanema, Centro, Vila Isabel, Madureira, Barra, Del Castilho, Jacarepagua, Botafogo, Estácio, Penha, o que não falta é lugar.
Diferente dos blocos grandiosos e seus trios elétricos do nordeste em geral, alguns desses blocos cariocas vendem camisetas para o desfile (em torno do 20,00), mas todos partcipam, independente de qualquer coisa. O que acho muito legal.
Pra quem gosta de Carnaval, o Rio é a pedida certa!!!

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

E o Framboesa de Ouro vai para...

Se por um lado temos o Oscar, prêmio máximo para os melhores do cinema, por outro temos o Framboesa de Ouro, que premia os piores.
São filmes que foram, no minimo, decepção em bilheteria. Diretores que deram mancada, casais insosos, atrizes e atores com papeis sem graça que poderiam ter ficado no fundo de uma gaveta.A lista costuma ser grande e não faz distinção entre novatos e veteranos. Esse ano, por exemplo, até Al Pacino entrou na dança.
Veja a Lista de indicados de 2009:

Pior Filme:
* Speed Racer
* Super Heróis - A Liga da Injustiça
* Espartalhões
* O Dia em que a Terra Parou
* High School Musical 3
* The Hottie & The Nottie
* Em Nome do Rei
* O Guru do Amor
* Postal
* Rambo
* Fim dos Tempos
* O Grande Dave
* Witless Protection

Pior Ator:
* Zac Efron
* Dane Cook
* Larry the Cable Guy
* Eddie Murphy
* Al Pacino
* Keanu Reeves
* Sylvester Stallone
* Tom Cruise
* Will Ferrell
* Ashton Kutcher
* Mike Myers
* Adam Sandler
* Mark Wahlberg

Pior Atriz:
* Paris Hilton
* Jessica Alba
* O elenco de “Mulheres… O Sexo Forte”
* Camilla Belle
* Cameron Diaz
* Kate Hudson
* Diane Keaton
* Jennifer Connelly
* Zooey Deschanel
* Vanessa Hudgens
* Eva Longoria-Parker
* Reese Witherspoon

Pior casal:
* Qualquer casal em High School Musical 3
* Cameron Diaz e Ashton Kutche
* Paris Hilton e Joel David Moore
* Kate Hudson e Dane Cook
* Kate Hudson e Matthew McConaughey
* Larry the Cable Guy e Jenny McCarthy
* Qualquer casal de Mamma Mia
* Eddie Murphy e Eddie Murphy (por O Grande Dave)
* Al Pacino e seu cabelo
* Mark Wahlberg e Zooey Deschanel
* Mark Wahlberg e Mila Kunis
* Sylvester Stallone e seu ego.

Pior Diretor:
* Uwe Boll
* Scott Derrickson
* Jason Friedberg e Aaron Seltzer
* Tom Putnam
* Marco Schnabel
* Sylvester Stallone
* Jon Avnet
* Diane English
* Roland Emmerich
* Brian Robbins
* Kenny Ortega
* M. Night Shyamalan

Pior Prequel, Sequência, Remake ou Inspiração:
* Indiana Jones 4
* High School Musical 3
* Rambo 4
* Star Wars: The Clone Wars
* Super Heróis - A Liga da Injustiça
* Espartalhões
* An American Carol
* Mulheres… O Sexo Frágil
* O Dia em que a Terra Parou
* A Morte Convida para Dançar
* Speed Racer
* Arquivo X: Eu Quero Acreditar

Pior realização em carreira:
* Uwe Boll
* Jason Friedberg e Aaron Seltzer
* Madonna
* Keanu Reeves
* Sylvester Stallone

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Êêêhhhh Vida Mais ou Menos

Morar em Serra é assim, não é sempre que dá para fugir para o litoral. Desde de julho que eu não colocava o pé na areia. E sem programar nada me vi em Camboinhas num domingão de sol perfeito!

Camboinhas é uma praia de Niterói-RJ de águas claras e mornas. Movimentada, mas sem a muvuca das praias das grandes cidades. Recebeu esse nome por conta de um acidente naval ocorrido em junho de 1958. Naquela ocasião, um cargueiro chamado Camboinhas encalhou na Praia de Itaipu, Região Oceanica de Niterói - RJ. A marinha brasileira mandou uma corveta (Angostura) para tentar desencalhar o Camboinhas, e ao se aproximar demais da praia também foi jogada contra a areia. Quase um mês depois, puxada por três rebocadores de alto mar (Tristão, Triunfo e Tridente) além de duas outras corvetas (Imperial Marinheiro e Solimões) e com a ajuda da preamar, a Angostura foi desencalhada, mas o Camboinhas não teve solução e foi desmontado no local. Ainda hoje, os restos do casco do Camboinhas podem ser vistos durante a maré-baixa.
Quando chegamos a praia encontramos plaquinhas avisando aos banhistas para terem cuidado com os restos do cargueiro.
E pensar que esse paraíso se encontra a apenas 90 km da minha casa.

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

EU SOU VICIADA!


Essa é pra quem realmente anda mais a toa que vendedor de picolé na Sibéria.
O problema é que vicia e depois se você arrumar um trabalho ficará tentado a deixar de lado para continuar alimentando o vicio.
ZUMA é um joguinho que a primeira vista parece bobo, A segunda e a terceira também. Coloridinho, engraçadinho te instiga a continuar só pra saber onde vai parar. E depois que você fecha a primeira versão, descobre que tem um monte de outras versões para baixar na net. Aí ferrou, vai passar dias na frente do monitor atirando em bolinhas coloridas para ganhar mais e mais pontos, vidas, moedas e o caramba...
Tá... nem parece interessante, mas é bom para esfriar a cabeça quando se está meio p. com a vida!
Vou deixar aqui um link de um blog que tem várias versões do jogo para baixar. Quem quiser brincar um pouco, a diversão é free!!!

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

O Cordeiro - O Evangelho Segundo Biff, o Brother de Infância de Cristo

Achando um vácuo na história de Jesus, afinal não conhecemos nada além de seu nascimento e morte, Christopher Moore achou que caberia aí um novo evangelho. E ninguém melhor do que Biff, seu melhor amigo de infância (grande brother, camarada, parceirão e amigaço de J. C.) para escrever esse fato.
Biff descreve com um humor sem igual as aventuras em que ele e o Messias viveram ao longo dos anos em que a Bíblia não relata: viagens incríveis, magias, kung-fu e porque não o amor, já que desde os dez anos de idade Jesus tem uma grande amizade com Madá, Maria Madalena?
Um evangelho divertido e, acima de tudo, sobre a amizade.

“Este livro [...] é uma história. Eu a inventei. Ela não foi planejada para mudar as crenças ou a visão de mundo de ninguém, a não ser que depois de ler você decida ser mais afável com seus camaradas humanos (o que é legal), ou então decida que realmente adoraria tentar ensinar ioga a um elefante, e nesse caso, por favor, filme”, fala Moore.
Escritor americano de humor nato e de estilo despretensioso ao mesmo tempo inconfundível, Chris Moore faz questão de esclarecer inclusive que “não havia como saber as verdadeiras condições de vida (de Jesus) entre os anos 1 e 33”. O autor realizou pesquisa exaustiva sobre o tema e relata que existem várias versões da história de Jesus, que vão desde as que o consideram um matuto ignorante às que afirmam que Ele teria tido acesso às culturas grega e romana desde pequeno. Moore ficou com esta, por considerar os elementos muito mais atraentes para a construção de uma boa história.

Uma leitura deliciosa para todas as crenças e ‘descrenças’.
Fica minha dica!

Editora Bertrand Brasil, 2008
Título original: Lamb
560 páginas.