sábado, 12 de junho de 2010

A Copa da Emoção


Não entendo quase nada de futebol. Entendo de torcer! E nessa Copa torço pela África do Sul. Mas na minha torcida o que está em jogo não é a Taça. O que foi construído para a realização desse evento foi muito mais que estádios, linhas de transportes, redes hoteleiras de grande porte. Foi construído a união e a implementação de vez dos direitos humanos aos humanos que já tinham tanta alegria mesmo sem ter direito algum.
Foi emocionante assistir o Nobel da Paz e herói da luta contra o apartheid, Desmond Tutu todo paramentado como bom torcedor dos Bafana Bafana discursando no show de abertura, dançando, sorrindo, extasiado com um sonho sendo realizado. "Queremos dizer ao mundo que esta lagarta feia que nós éramos, tornou-se uma borboleta bonita, mas muito bonita, tão bonita!", afirmou Tutu, em referência à queda do apartheid, há 16 anos.
É emocionante cada vez que alguém faz menção a Nelson Mandela e sua luta para a liberdade de um país que sofreu por anos e anos com a segregação racial. Um país que por tantas vezes foi ao chão e se levantou e nos ombros de Mandela se mantem erguido.
O que falar de uma seleção que entra em campo cantando e dançando?? Os Bafana Bafana são pura energia e contagiam mesmo os mais sisudos. Emocionante.
A Copa chegará ao fim e a grande missão da África do Sul é se manter unida, alegre, erguida e dar continuidade a todo o esforço de igualdade. O país ainda sofre com a violência, os negros são mais pobres, os brancos vivem em melhores condições, o rancor não desapareceu por completo, mas a evolução de melhoria desse quadro é de uma grandeza sem fim.
Que a taça venha para o Brasil... e que para os sul-africanos, os belíssimos torcedores de alegria contagiante, venha hoje e sempre liberdade, igualdade, dignidade e muitos Mandelas e Tutus para manter acima de tudo um país VIVO.

terça-feira, 8 de junho de 2010

"Que seria de mim, meu Deus, sem a fé em Antônio?"


O amor está no ar...

Dia dos namorados chegando, vitrines decoradas com grandes corações vermelhos, a programação da TV só fala em cenários românticos para passar o fim de semana, os comercias são cheios de beijos na boca, os motéis estão em promoção com suas banheiras de espuma, camas decoradas com pétalas de rosas e muita champagne, ai, ai...

Alguns filmes que passarão ao longo da semana:

Um Amor para Recordar, Vestida para Casar, O Amor não Tira Férias, P.S. Eu Te Amo, De Repente é Amor, Uma Carta de Amor, Quando o Amor Acontece, Amor Além da Vida, O Amor não Tem Regras, Tudo Por Amor...

Amor, amor, amor, amor.... Ahhhh... O amor.

E quem não tem namorado?? Se mata???

Esse ano nem posso fazer simpatias. Santo Antonio cortou relações comigo desde que eu o coloquei de cabeça para baixo num copo de cachaça no ano passado. Pensa que ele ‘morreu’ afogado??? Meu santinho bebeu toda a cachaça e acordou no dia seguinte com uma ressaca danada. Resultado: nada de namorados para Dona Renata nos próximos cinco anos.

Há quem sempre sopre em meu ouvido a velha máxima: ‘antes só do que mal acompanhada’. Sei! Quero saber qual é a mulher que tem coragem de sentar sozinha num restaurante na noite do dia 12 de junho. Não adianta postar nos comentários que mulheres bem resolvidas fazem isso sem o menor problema. Vai ser bem resolvida assim nos quinto dos infernos!!!

Para quem esta na mesma situação que eu, vamos fazer o seguinte: nada de se matar. Alugue um dvd trash - Lambada, a dança proibida, Serpentes a Bordo, A Vila, qualquer um da série de Jogos Mortais, Hora do Pesadelo ou Sexta-feira 13 – compre uma garrafa de tequila, 5 barras de chocolate e guarde o celular na gaveta (ele não vai te ligar!)

Voilà!!!!

Noite perfeita para não pensar em nada, apenas curtir o quanto a vida será melhor depois que você passar por esse ritual. Quando acordar e curar sua ressaca, voltar ao regime e só voltar a escolher filmes bons para assistir se sentirá uma pessoa melhor. Digo mais, purificada!!!

E se no próximo ano Santo Antonio continuar de mal, aumente a dose da tequila.