quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Quaresma




A mulata já não samba mais
Quarta feira de cinzas
Estão todos dormindo
Perdidos de saudades
Da folia que se acabou

O surdo seco calou-se
Só rezas se ouvem, enfim
Quaresma amansa os pés cansados
E junta as mãos dos fieis.
Hoje, só o compasso da ave maria!