segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Indelével


Adoro essa palavra.
Soa bem, soa bonita...

Segundo o Sr. Aurélio:
Indelével é o que não se pode delir, que não se dissipa, indestrutível.

Inesquecível.


E Djavan cantou assim:

"Eu já nem sei quem sou

Tão dedicado a ti, um cobertor pro frio.

Queria ser teu "Om" viver grudado sim, sempre ali, sempre ali

Não sou nada indelével, sou instável como a cidade

Mas carrego pau e pedra só para ver-te mais à vontade

Sem o mar a cobrir-te de sombras ou cores

Livre pra amores desses que vêm e vão

Sob o bronze da noite onde o mais são estrelas

Todas ali para vê-la como fazer com os homens

Ah! você que nasceu com o leito pro rio

Que desafio querer-te acompanhar!"


(OM)

Tinha que ser Djavan!!!

14 comentários:

Gran Magic Carmesin: Nat Valarini disse...

Boa noite!

Antes de tudo, parabéns pelo seu blog. Tudo aqui desde o layout até o conteúdo é de extremo bom gosto, muito bom!

Confesso que se me perguntassem o significado desta palavra antes de eu vir visitar o seu blog, eu ia ficar "voando", hihihihii...

É sempre bom aprender coisas novas e trocar experiências.

Achei muito ímpar a letra da música, bela e profunda.

Você publicou uma bela postagem.

Mais uma vez, meus parabéns!

http://garotapendurada.blogspot.com/

Alexandre Silva disse...

Tinha que ser o Djavan, e essa foto que vc usou pra ilustrar o texto é ótima tb...
Tem uns fotógrafos que são fodões...
Abraço
http://falandoprasparedes.blogspot.com

João Paulo Santos disse...

Todo romantismo de Djavam me deixa triste, não sou de me entregar de coração e celebro a um amor, devo ser anormal, sei que é bom, prorem o recei me domina e me transforma no ser Indelével, RACIONAL e com minha parte EMOTIVA controlada pela "razão".

Garota Misteriosa disse...

Interessante como algumas palavras podem nos chamar tanta atenção, ou nos deixar tão maravilhadas quanto ao seu poder, quanto a sua sonoridade, quanto ao seu contexto.

Djavan....Sem Palavras...Gosto de suas músicas quanto do artista...

Parabéns...Blog gostoso de ler, gostoso de se visitar....

Abraços

valacomum disse...

Adorei a foto também. Seu blog é muito bom, parabéns!

http://valacomum.wordpress.com/

Elcio Tuiribepi disse...

É bonita mesmo, soa bem em nossos ouvidos e também nas percepções...
Uma que gosto muito de usar nos poemas é insensatez, acho bonita, talvez seja também por causa da influência musical...Quanto ao filme, quando puder assista, apesar de algumas falhas, acho que ainda vale a pena...valeuuu...boa terça para você...bjo..Ahh...li o do Obama tbm...sei lá, acho que já vi esse filme antes, e aui mesmo no Brasil...rsss

Carlos Eduardo disse...

Perfeito.



http://putoanonimo.blogspot.com

Hugo Ceregato disse...

Legal vir pro seu blog que, além de ler coisa bonita, a gente aprende uma palavra nova, rs.
Muito bacana a postagem.

visite:
www.fragmentosdelivro.blogspot.com
(para quem curte ficções)

30 e poucos anos. disse...

Adoro essa música do Djavan ... é maravilhosa.

ohshittt disse...

Cara essa é a Primeira Musica q eu vejo do Djavan q tem algum sentido!

o resto pra fazer uma musica como as dele é só vc colocar uma palavra indigena, um sentimento tipo amor, e palavras desconexas...e ai esta sua musica djavan!

juro q não entendo esse cara!

agora sobre a palavra...é uma palavra forte, não é para ser usada para qlqr coisa!

Felipe disse...

Blog maneiro
Tu escreve bem

http://centralldamusica.blogspot.com

Buscando parcerias...

joão áquila disse...

valeu pela aula!

personas ingratas (pero no mucho) disse...

Djavan .. AEEEE!
Parabéns pelo bom gosto e pelo blog tb!
Q bom q vc gostou do meu blog =D
Continue visitando sempre ;)

Bjoos

melado disse...

Olá, obrigada pela visita ao nosso Blog.Parabéns,adorei o Blog super bacana. Voltarei mais vezes.
Uma beijoca!