quinta-feira, 21 de maio de 2009

Dia interminável


Hoje bateu aquela preguiça básica e nada me empolgou para que eu saísse de casa. Então passei o dia intercalando entre a TV e a Internet. Novidades? Nenhuma. Tudo parece parado no mundo.

Os noticiários dão prosseguimento a violência pra todo lado - quebra quebra em manifestações de invasões, ataques bombas pelo oriente médio, família de vítimas de assassinatos doando órgãos...
Tem as notícias políticas também, sempre trazendo as últimas de nosso presidente 'viajandão', CPIs disso e daquilo (a última é da Petrobrás), alianças entre partidos, pedidos de adesão ao Mercosul, fusão entre multinacionais...
A saúde vai bem obrigada, tirando mais um caso de gripe suína. Agora são 9!
Esporte? Futebol, futebol, futebol e um pouquinho de Fórmula 1. E Diego Hipólito apareceu em entrevista falando que está a 3 meses sem receber salário e está pensando em parar.
Entretenimento é o que mais tem lugar pela net: novelas, ibope, novelas, ibope, novelas... até a novela da tarde da Rede Globo bate recordes de audiência; novo reality show estréia na Record semana que vem; os programas da manhã na TV aberta são todos dedicados a donas de casa e os programas da tarde são todos com formato de 'barraco'.
Uma notinha de cinema: o filme brasileiro 'À Deriva' do diretor Heitor Dhalia é aplaudido de pé em Cannes por 5 minutos em sua estréia.
E claro, não podem faltar as notícias de celebridades: Maíra, ex bbb, perde 8 kg sem dieta; ator Anderson Muller corre no Rio; Paris Hilton troca beijos quentes em Cannes; barbudo, Paulo Vilhena tira o dia para surfar; Bábara Borges termina namoro de 1 ano e 3 meses... Tudo tão relevante, ainda bem que pude ficar em casa para saber disso tudo.

Como podem ver, nada de novo no front.

Ahhh... assisti às 14h na Warner, King Kong.

Eu mereço!

10 comentários:

Jessica Berdych Laviere disse...

Nosssa!Quanta coisa...!!!!
Pra quem não tinha nada pra fazer,vc se informou bastante,quando não tenho nada pra fazer é um tédio.
Já reparou na quantidade de notícia inútil que circula atualmente na internet e na tv...é o fim!

G.S disse...

Novo lay!
Ficou bom!
Ahh, essas coisas "interessantes" que encontramos na internet e na tv.
Ás veze tenho esses dias e como é chato ler/escutar essas notícias legais.

beijos, Rê!

Maurício Moreira disse...

nossa muito zicaa,eu duvido se fosse domingo vc aguentaria ficar assistido tv...TV dia de domingo é uma torturaa...


hey é a segunda vez que venho no seu blog curti muuuito parabens viu
sou seu fã

Wander Veroni disse...

Oi, Rê!

Adorei a sua crônica. A mesmice da Tv aberta aberta me dá um tédio danado. De manhã, os programas são todos iguais, sómudam os apresentadores. No horário da tarde só tem barraco, com exceção da novela da Nazaré, que mesmo sendo reprise é a coisa mais interessante.

A única coisa que tenho assistido é o "O Aprendiz" e a novela "Poder Parelelo", da Record. São produtos bons, mas que passam muito tarde. Falando nisso, a Record acha que o telespectador é burro com aquela chamada do "A Fazenda".

O que é aquilo de vídeos de supostos participantes com um recurso de alta tecnologia (zoom?) para identificar a cara deles??? faça-me o favor, né?


Abraço

sofismo disse...

Qual King Kong? O original ou o remake com o Jack Black? hehehehe!!!

Meu, muito bom seu blog.
apareça no meu
www.sofismo.wordpress.com

Emilinha disse...

Rê:
triste esse povo do Nordeste. O castigo imposto pela seca alargou-se com as chuvas, aumentando o sofrimento desse povo.
Água é problema e solução.
Mss sempre acho que há, em tudo, um propósito de Deus. Não é só comoção. É cutucar, incomodar e armar a tenda da solidariedade.
Bjnhos!

Jéssica (o que tem dentro) disse...

Aaaaaaaaah!

Mas o King Kong 'dazantiga' é bem melhor que o remake. Espero que tenha sido o primeiro.
Sim, moça, parece que está mesmo tudo parado no mundo. As notícias, os fatos, as mentiras, são sempre as mesmas!

Um beijo grande!

Nat Valarini disse...

Olá Rê!

Não seja cruel com a monotonia, digo, com o cotidiano, até que ele foi bem agitado! hehehe...

Engraçado que se nós resolvermos pegar um semana para nos desligar de tudo e todos, a impressão que eu tenho é que ao retornar, as notícias serão as mesmas, o que vai mudar são os nomes dos envolvidos.

Como diria o Drummond em 'Cidadezinha Qualquer': "Êta vida besta, meu Deus."

Luciano Lemos disse...

Por essas e outras prefiro a Internet. Já vi que no Brasil a televisão é manipuladora. Pelo menos o Big Bosta Brasil acabou...

Homenzinho de Barba Mal feita disse...

Eu quando estava desempregado, não aguentava ficar assistindo tv. Na parte da tarde não tem nenhum programa que preste na tv aberta.
Pela sua descrição fica evidente que não mudou tanto assim.