terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Folia da Vida


Vi nas pedras do chão de avenida

As tramas douradas nos pés das meninas

Vi mania de ser alegria

Nos rostos morenos de sol e poesia

Vi magia na ginga serena

De corpos mulatos em plena euforia

Vi semblantes de flores carmins

No alto flagrante de grandes alegorias


No carnaval delirante

De samba energia, de cantos vibrantes

Na batida suada dos surdos brincantes

Os blocos declaram abrir alas

A arte da vida que se inquieta a todo instante.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Bom dia. Café?


Adoro um bom café da manhã acompanhada. De amigos, da família, do amado, dos companheiros de teatro quando estamos viajando. É um ritual de preparação para o novo dia.
E também, sempre que dá, tomo café da manhã virtual com amigos de longe. Quase que diariamente trocamos brownies, pãezinhos, chás, sucos e o bom e caloroso café preto. Baldes para enfrentar o dia. Tudo por foto e saudações de "bom dia".
Enquanto o café 'pessoalmente' não chega, deixo aqui umas delícias para eles e para todos, claro.

















Para Dionízio, Deizi, Denise, Gaby e Raquel ...

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Facebookiando Diariamente.


Uma vez, quando fiz minha conta no Twitter, escrevi por aqui minha mania em deixar aquela página aberta e consultá-la a cada dois minutos para saber o que acontecia no mundo em tempo real. Virou vício. Mas como poucos vícios me derrubam, ele se foi assim como chegou, em dois tempos.
Agora me encontro assim com o Facebook.
Minha conta lá já é antiga, mas de uns meses pra cá todo o tempo que me encontro conectada a página fica aberta. São postagens de quase nada, de trabalho, são conversas e cafés da manhã com os amigos de longe, são notícias relevantes, são compartilhamentos de vídeos e textos, são joguinhos bobos, são encontros marcados com os amigos de perto, são alfinetadas na ignorância alheia (rsrs), são irônias que poucos entendem...
Adoro ficar por lá.
Adoro ver as fotos dos amigos, suas atualizações.
E vejo que não sou a única. Muita gente passa o dia comigo por lá.
Tenho muitos amigos, tenho pessoas que não me adicionam como amigo, mas assinam para receber minhas atualizações e tenho os que apenas rondam meu perfil por curiosidade ou sei lá o que...
Mas não são só amores. Existem os desabores. Às vezes minha página fica poluída de frases prontas com aquelas fotinhas fofinhas que de tão doce enjoam. Às vezes tem piadas sem graça daquelas que você nem acredita. Às vezes aparecem postagens de corrente, que são um saco. E a nova sensação são aquelas fotos duplas de qualquer coisa tipo: se gosta da loira, curti; se gosta da morena, compartilha. Se gosta de Michel Teló, curti; se gosta de Luan Santana, compartilha. E se os gostos não forem nada daqueles? Deveria ter um clique para "que coisa chata".
Mas são modismos. E de alguma forma sempre queremos estar por dentro do que está fervilhando pelo mundo, então, enquanto o Facebook fervilha, tô dentro!!
Parece que ainda vai fervilhar por bastante tempo. A cada dia novos aplicativos são implementados, a timeline vai se aperfeiçoando, a gente vai fuçando nas novidades e o Sr. Mark Zuckerberg deve estar muito orgulhoso (alem de milionário) em conseguir nos manter conectados e viciados!