sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Alguém ainda tem paciência?


E depois de um longo dia de trabalho onde você perdeu a paciência com seu chefe, com o secretaria da mesa ao lado, com o atendente da cantina e até com entregador da água, chega em casa, dá de cara com um monte de envelopes coloridos que lhe presenteiam com as contas para pagar. Mas uma chama a atenção: aquela roxinha bonitinha está errada!!!! E pra cima!!!!! Que conta é essa???? R$ 424,67 de telefone?????
Então você tira forças do fundo da alma, vira a conta pelo avesso para achar o número de telefone onde pode fazer sua reclamação e com o celular em punho, respira fundo e liga:
- Oi, boa noite. Para começar diga pausadamente o número de telefone para o qual você quer atendimento.
- 24 22334455
- Entendi. O número que você quer atendimento é 2422334456, está correto?
- Não.
- Repita pausadamente o número de telefone para o qual você quer atendimento.
- (Respira fundo) 2 – 4 2 – 2 – 3 – 3 – 4 – 4 – 5 – 6
- Entendi. O número que você quer atendimento é 2422334456, está correto?
- Nãooooooo, máquina estúpida!
- Entendi. Então repita pausadamente o número que você quer atendimento ou tecle em seu telefone.
Daí eu teclo para não correr o risco de jogar o aparelho na parede.
(teclando pausadamente)
- Entendi. O número é 24 22334455, está correto?
- Simmmm.
- Entendi. Para começar diga o motivo de sua ligação.
Nessa hora você pensa direitinho o que poderá falar para aquela máquina estúpida entender. Aqui, tudo o que você disser poderá ser usado contra você mais tarde.
(antes de falar algo...)
- Não entendi. Diga agora o motivo de sua ligação.
- Mas eu não falei nada.
- Não entendi. Preciso que você me diga o motivo de sua ligação. Por exemplo: se você deseja saber o saldo da sua conta diga SALDO.
(Dããmmm)
- Cobrança indevida. (gritando – porque você sempre acha que gritando as pessoas/máquinas entenderão melhor)
- Entendi. Você quer informações sobre sua conta. Está correto?
- Simmmmmm.
(Nessa altura você está se sentindo uma daquelas crianças que participavam do Programa do Silvio Santos quando brincavam daquele jogo do Sim e Não quando a luz acendia. “Fulaninho, você quer trocar esse mamão papaia por um moderníssimo jogo de vídeo game? – NÃOOOOO”)
- Entendi. Diga agora que tipo de informações você quer sobre sua conta.
- C-O-B-R-A-N-Ç-A I-N-D-E-V-I-D-A
- Entendi. Você quer contestar a sua conta.
- Simmmm. (Não sei se é isso não, mas pode ser.)
- Entendi. Você será encaminhado para o nosso atendimento, mas antes receberá um protocolo referente a essa ligação. 2009000034976100092431000185610009452...
(Meia hora depois você ainda está anotando o número de protocolo. E então espera o tal atendente...)
- Tuuuuuuu Tuuuuuuu Tuuuuuuu Tuuuuuuu Tuuuuuuu
(mais meia hora e o tom muda)
- Tu Tu Tu Tu Tu Tu Tu
CAIU!
---
Eu AMOOOOO muito tudo isso!

12 comentários:

Moça do Fio disse...

Adorei quando você disse: "- Não entendi. Diga agora o motivo de sua ligação."
"- Mas eu não falei nada."

Ahahahahahahahahah.

Eu sei o que é isso, e o pior de tudo é a ligação cair no final. Dá vontade de matar, ou morrer.


Beijos.

Ferrockxia disse...

hahahaha todo ligação cai as que sobevivem até o final são raras sabe acho qeu algumas vezs os atendentes que desligam ^^

Renan Barreto disse...

hauhuahuu Eu odeio do fundo da minha alma serviços de atendimento ao cliente, por isso que no meu blog eu criei o SACO (serviço de atendimento ao consumidor otário). Sim, porque somos otários. A gente sempre se estrepa (muito tempo que não usava essa palavra rs). eu simplesmente tenho pavor a essas coisas.

Eu odeio muito demais tudo isso rsrs frse ridicula a minha rs muito demais rsrs

bjo, Rê

http://renanbarretoonline.blogspot.com/

Elcio Tuiribepi disse...

Rsrs...a vontade de quebrar tudo é grande...a de xingar então, mas nada supera a força de vontade de ficar esperando por uma solução, tem que ter muita...mas muita paciência...rsrs
Só escrevendo para desabafar...rsrs
Um abraço na alma...bom domingo

Eu amo a E.Y. disse...

Gostei do texto!

é a luta inglória do homem contra as grandes corporações.

Beijos!

Mandy disse...

Caraca, eu teria surtado, me irrita taaanto essas coisas! rsrs
E se não conseguir PROCON neles ;)

beijos ;**

Lyttah disse...

Isso me lembra o por que que desisti da telefonia roxinha e fui pra vermelha, em comprensação a vermelha tbm não é lá essas coisas. :/
Mas toda vez q eu ligava pra roxa q tinha essa atendente eletronica depois de dizer o numero eu passava meia hora dizendo q queria falar com um atendente, pq ela não entende mesmo o q agente quer. :/
Essas operadoras só pioram e pioram. :/
Aja paciência né?

:*

J. Araújo disse...

Entendo sua revolta. E o pior que dificilmente eles erram a nosso favor. Os atendimentos automáticos nos tira o sossego.

Continue gritando cada vez maisalto. Quem sabe assim a gente consegue estourar aquelas máquinas no grito.

Abraço

Miss Lou B. disse...

Eu faço de tu-do para não precisar passar por isso. Aquela lei regulamentadora da Anatel não serviu de nada... ¬¬"

FábioE§¢orpïão disse...

Crônica do nosso cotidiano nesse século tão estranho... Também já sofri muito com essas coisas, mas aprendi o caminho: quando consigo falar com uma PESSOA (dessas, tradicionais, de carne, osso e eventualmente algum cérebro), tento PERSONALIZAR (por minha conta) o atendimento - depois que ele me prometeu resolver o assunto em "x horas", peço nome completo, o horário em que ele atende.

Se possível, peço para falar com o supervisor: e faço tudo pra q a pessoa assuma PESSOALMENTE a resolução do assunto.

Acredite: funciona, eles ficam com medo da gente! :)

Beijo pra vc!
www.ocolecionadordehistorias.com.br

Luiz Guilherme disse...

#PUTAQUEPARILHAS.....isso é realmente de encher a paciência...éis as pessoas....

http://guilg7.blogspot.com/

vlw

O mundo de cada um disse...

É foda mesmo, por isso desitir de reclamar, pra passar por tudo isso, prefiro pagar mesmo.