domingo, 2 de agosto de 2009

Primeiro Encontro

Namorar dá trabalho.
Mais trabalho ainda, dá o primeiro encontro desse futuro namoro. Pelo menos para nós, mulheres, que queremos sempre causar excelente impressão ao futuro namorado.
Na maioria das vezes esse primeiro encontro nem passa de um mero primeiro encontro, fica por ali mesmo na mesa do restaurante ou na poltrona do cinema, sem telefonemas no dia seguinte, quem dirá um bilhetinho romântico em meio a um gracioso buque de rosas. (Olha meu espírito século XIX aí aflorando, viajando e daqui a pouco dando de cara no chão).
Só que não é com esse pensamento que saímos de casa para o tal encontro. Sempre saímos pensando que dessa vez vai. Dessa vez desencalhamos (um encalho de três meses para algumas mulheres às vezes já se torna desesperador). Dessa vez é o sapo que virará príncipe encantado e nos fará felizes para sempre. (Felizes para sempre significa carinhos e doces palavras no ouvido diariamente, sexo quando quiser, chorar só de felicidade, roupinhas novas no armário toda semana, porque presentes assim nunca são demais, viagens românticas a cada estação, ai, ai).
E aí todos esses sonhos nos impulsionam a fazer o melhor. O encontro é às 20h? A partir do almoço já começamos a nos arrumar. Alias, nem almoçamos porque já estamos pensando em entrar naquela calça comprada um número menor jurando emagrecer e até agora a esteira de casa está que é só teia de aranha. E se nunca vestimos a tal calça como saber com que peça ela irá combinar. O jeito é tirar tudo do armário e fazer todas as combinações possíveis, impossíveis e inimagináveis. Qualquer matemático iria ficar fascinado com o poder que exercemos sobre a matéria quando se trata de calças, blusas, sapatos e bolsas. Tendo o espelho como única testemunha é ele quem sofre as atrocidades faladas acerca daquela blusinha cafona que compramos no impulso da liquidação ou da bolsa espalhafatosa que só fica bem na época do Natal como enfeite da árvore. Definitivamente, quando queremos impressionar alguém, nada dentro do nosso armário serve, mas agora não a mais tempo de correr ao shopping e comprar aquele vestidinho que gritava na vitrine. Estava na cara que não comprá-lo era um erro.
E depois de toda a odisséia da roupa, tomamos um banho caprichado, passamos cremes e hidratantes que daria para encher uma piscina, fazemos a boa e velha escova, espalhamos a maquiagem sobre a pia e escolhemos com cuidado cada traço, cada cor. Acessórios importantíssimos não podem ser deixados de lado. E ao final, com ar positivo e de superioridade, duas borrifadas estratégicas daquele perfume infalível.
Revisamos tudo, inclusive a meia calça e a calcinha, e na hora marcada o interfone toca. Bom sinal, o sapo-príncipe é pontual. O sapato aperta, mas tudo bem. A fome é grande, mas tudo bem. A ansiedade faz com que as mãos fiquem suadas, mas tudo bem. Tratamos de nos acalmar e só falar coisas inteligentes revisando mentalmente os assuntos dos telejornais da semana. O coração está aos pulos iniciando um pequeno enfarto, mas tudo bem, afinal hoje pode ser o primeiro dia do resto de nossas vidas.

36 comentários:

Moça do Fio disse...

Eu, a primeira a comentar? Nem acredito. Risos.
Sei como são estas saídas... a gente cria mil imagens na cabeça, faz mil planos, pensa em cada palavra que vai dizer... mas na hora, todo este planejamento desaparece e fica mesmo só o nervosismo e as mãos frias por estar perto de quem gostamos. E concordo, devemos aproveitar intensamente cada segundo deste encontro. Afinal, o amanhã a Deus pertence.


Beijo.

Descarga! disse...

Oi!
Realmente é uma odisseia.
Alguma hora terá que dá certo, não é mesmo?!
Bem engraçado o texto, espero que todas as mulheres consigam seu sapo-príncipe alguma vez.
Gostaria de convidá-la a participar do meu blog escrevendo e enviando um texto sobre o tema da semana (Televisão). Ele poderá escolhido e postado.

Abraços fraternos,
www.descargapublica.blogspot.com

Keisy disse...

AHHH eu sei o que eh isso! Dá um supeeeer nervoso neh? NORMAL! tds passam por isso... Mas logo o nervoso passa... a anciedade eh assim msm' aproveite cada min.' s2

Caio Reis disse...

Acredite, não é só com as mulheres que acontece isso! Sou homem e passo pela mesma coisa. Meu guarda-roupa, digno de uma mulher consumista, normalmente se vê espalhado em cima da minha cama nas vésperas de um encontro. Cuecas pra cá, meias pra lá, camisas, casacos, calças, sapatos, bonés, cintos, tudo jogado.
A ansiedade já vem da noite anterior, quando antes de deitar, penso no dia seguinte. Nem durmo direito!
O engraçado é a revisão antes da hora H: Já escovei os dentes? Já arrumei o cabelo? Já passei o perfume?. Reviso isso na cabeça umas 10 vezes antes de dizer "Pronto".
Pior é quando bate aquele desespero: "NÃO TENHO ROUPA PRA USAR!". E você xinga, grita, desespera, liga pra amiga, até decidir a contragosto usar aquela blusa QUE VOCÊ SÓ USOU UMA VEZ!
Ótimo post! Abração

Renan Barreto disse...

aiii l'amour (é assim mesmo? meu francês tá muito enferrujado). Bem, vc falou de telejornais, tente namorar um jornalista? huahua O pior, quando o casal é jornalista! Imagina o papo. Não imagina não... A quantidade de palavras proferidas por segundo são maiores do que a quantidade de soco do meteoro de pégasus do Seiya de Cavaleiros dos Zodíaco. rs Mas é bom. As palavras vão aumentando em progressões aritméticas. É bizarro. O primeiro encontro a menina nunca quer nada ou se mostra desinteressada. Isso sempre me matou, mas nada que duas piadinhas depois e um elogio não façam diferença... O problema é quando tudo acaba três meses depois. Um ano se passa e você ainda está procurando onde estão os pedaços do seu coração... Achei a última parte, tava embaixo da cama... humm... agora eu buscar a cola e volto já. Até mais!!!

bjo

ótimo texto

E Valeu!!!!!!!!!!!

Miss Lou B. disse...

Sabe que lendo esse teu texto... eu me senti uma idiota? XDD Porque é justamente o que fazemos mesmo. Mulher que se preze passa por isso. Eu fiquei imaginado exatamente como os homens fazem quando vão a um primeiro encontro e penso que nem metade deles se tratam de maneira tão especial como nós nos tratamos muitas vezes para nada... =/

Pobre esponja disse...

Dá trabalho, como qualquer relação. Ficar é fácil. Agora, o que será que lembraremos na velhice? Amigos que, apesar de conflitos, foram fiéis até o fim; ou a amizade de um minuto, até por isso perfeita, do acaso de alguma balada?

abç
Pobre Esponja

João Homem disse...

Menina! Se namoro já dá um trabalhão servido, imagina um casamento!?!
Entrei nesse time de casados em Abril e acho que já deu mais trabalho que meus 8 anos de namoro!
Além de trabalho, dá uma suadeira também! Hehehehe
Obrigado pela visita ao...
www.dinheirologia.com

Rosangela A. Santos disse...

kkkkkkkkkk

O pior que é bem assim mesmo!!
Mas tem o lado gostoso de tudo isso.!!!

Adorei amei a postagem!!

abç

Samira Lima disse...

Nossa, você escreve incrivelmente bem. Adorei o blog, vou seguir. Você conseguiu descrever literalmente o ritual que muitas mulheres seguem no primeiro encontro. Fantástico! Parabéns e sucesso.

abraços

Samira Lima disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Samira Lima disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tiago Dadazio disse...

SI, EU SEI QUE DÁ!
:D

Guttwein disse...

Mulher, aparentemente, sempre se preocupa mais não é mesmo? Combinações de roupas, perfumes, unhas, cabelos,sapatos... minha nossa! rsrs.
Mas o resultado é tão agradável... a todos os sentidos sensoriais eu diria! Tanto, que nunca vou me esquecer do lugar e de como foi o encontro com minha mulher. Como ele estava vestida, seu cheiro, enfim... ; )

disse...

/\
/\
/\
Ahhhh.... seu romantismo está em extinção.
Devíamos fazer um movimento como o Greenpeace faz, pela salvação dos romanticos como você!!!
rsrsrsrs
Parabens a vc e sua esposa!

Lady Of Black disse...

No meu caso nem dá trabalho =]

Dadey Pontes disse...

Tive preguiça de ler...

Wander Veroni disse...

Oi, Rê!

Carama! A mulherada leva o primeiro encontro muito a sério...hehehe...se soubessem que não precisa disso tudo, talvez não teria tanta graça! Vc sabe que sou fã do jeito intimista que vc escreve, né! Gostei de aprender (e ler) essa visão feminina das coisas.

p.S: Valeu pelo comentário lá no Café com Notícias...adorei!

Bjs

FábioE§¢orpïão disse...

Gosto da fluência do seu texto e achei seu blog bonito, sofisticado, de bom gosto.

A trilha sonora é bárbara.

Sobre essa "revolução solitária" causada pela expectativa de um primeiro encontro, acredite: não é "privilégio" de mulheres, viu?

Visite meu blog quando quiser (www.ocolecionadordehistorias.com.br), mas aproveito a minha vinda aqui para indicar um que vc certamente vai gostar: www.mulherices.com.br

Sou "colaborador informal" das meninas de lá.

Beijos!

FábioE§¢orpïão disse...

Ah, sim: acho que vc vai gostar de uma crônica minha - http://ocolecionadordehistorias.blogspot.com/2008/10/algo-sobre-as-mulheres-do-sculo-21.html

:)

Renan Barreto disse...

Rê, a moça não falou comigo não. rs Mas valeu por ter lembrado de mim. E a respeito do novo blog... Ele assusta, mas é fácil de ler.

bjo!

PS: quando quiser ler textos no estilo do melhor opinião é só clicar em posts com a tag humor com opinião.

Valeu!

vitor Marques disse...

e verdade namorar da trabalho mesmo
mais fazer oq ne faz part da vida
abraçs

Página Brasil - Lazer-Entretenimento

Fernanda Maria disse...

Aaa verdade né...agente sempre quer impressionar e que trabalho que da, mas penso o seguinte:
basta vestir uma roupa que se sinta bonita sem ser vulgar e ser você mesma e pronto receita de sucesso se o pretendente não gostar azar o dele, vai perder..
legal o blog, curti viu
Bjs***

Allerson disse...

Nossa, desculpe a palavra mas mulheres são loucas em xD. Eu vou fazer a versão masculina aqui.

Namorar não da trabalho, toma um banhozinho, veste uma camiseta a calça e vai namorar conversa e volta. enche ela de presentes e pronto hsausha. claro q não é assi comigo né. Afinal de contas sou romântico u.u

www.allersonblogger.blogspot.com

iti disse...

amor ?
como eu quero um amor pra minha vida.
rs
desculpe...
faz pouco tempo que terminei com minha namorada... ou melhor faz 2anos e foi ela que largou...
mancada...
rs.
não sinto mais falta dela. mais sinto falta de alguem do meu lado.
ainda nao achei ngm especial.
vejo muitos defeitos nas garotas da minha cidade... e sou mto ciumento para namorar garotas de outra cidade.
so pra deixar claro, moro em uma cidade pequena do interior de sampa...

desculpe o desabafo, nao sabia o que comentar alem de dizer que gostei do blog. e pedir que visite o meu www.maquinazero.com.br
rs...
abrs

Plugado disse...

Eu amoo minha namorada, mesmo passando por dificuldades estamos sempre juntos...

OTimo texto moça parabens.

visite meu site quando puder
http://www.fiqueplugado.com/

Hugo disse...

Na vida geralmente o que dá certo é o que fazemos sem pretensão e com os pés no chão.
Idealizar faz bem prá cabeça, mas atrapalha na vida real.

Ótimo blog.

Bjos

Paula disse...

haha mto bom! coisas q soh as mulheres entendem!!! bjos bom FDS.

Elcio Tuiribepi disse...

O nome disso tudo é ansiedade, expectativa...vontade e mais um montão de coisas juntas.
Haja maquiagem, perfume e acessórios...enquanto isso, o pobre fica esperando, esperando...e morrendo de ansiedade...rsrs
Um abraço na alma...bom domingo dos pais para você e sua família

Samira Lima disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Samira Lima disse...

Oiê!
Escolhi seu blog pra ganhar o Selo de Ouro.
Dá uma passadinha no meu pra pegá-lo! =)

bjos

Samira Lima disse...

Oiê!
Escolhi seu blog pra ganhar o Selo de Ouro.
Dá uma passadinha no meu pra pegá-lo! =)

bjos

Nat Tigres brancos disse...

Texto bom.
Me senti mutio bem masi fiquei curiosa como os homens fazem quando
vão ao primeiro encontro?
Nos mulheres as vezes somos atém um pouco subimissas

Mandy disse...

Namorar da bastante trabalho, mais é tão bom! rsrs

beijos ;)

Adriano Ferreira, CM disse...

oi, fazia tempo que não passava por aqui, depois que li o texto percebi que sua escrita me fez falta.

a leitura de seus textos me ajuda a entender um pouco da complexíssima alma feminina. Afinal, não sou matemático, mas me admiro muito com ela, a alma feminina...

abraço

adriano

Lyttah disse...

Até q geralmente os sapos são sapos e não viram principes, mas a exeções xD. claro!
O problema é que o principe com os anos vira sapo novamente, mas tbm fala serio, nós mulheres geralmente reclamamos muito, ou eu apenas? kkkkkkkkkkkkkk...

Mas a principes que se tornam principes pra sempre xD