sexta-feira, 24 de junho de 2011

Sem Bilhete


Ela tinha uma vida que faria inveja a muita gente. Beirava a perfeição. Um marido que a amava e a respeitava, filhos carinhosos com futuros brilhantes pela frente. Cursavam uma das melhores universidades da grande cidade em que moravam. Mesa sempre farta com família reunida em quase todos os almoços e jantares usuais em restaurantes bacanas. Viagens internacionais uma vez por ano e fins de semana alternados na praia e na serra. Carro trocado a cada dois anos. E ainda tinha o lado profissional que dominava com competência e era reconhecidamente talentosa pelos tribunais. Seguira os passos do pai, juiz de renome, cursara Direito e se dedicava como poucos na área.

A vida lhe dera muitos presentes. Cercada de amor e felicidade podia-se dizer que era quase um conto de fadas moderno. E tudo isso pode passar em apenas um minuto por sua mente no momento em que ela deu, ali do 23º andar, seu último passo ao nada. Ela ainda teve tempo de sorrir antes que fosse ouvido um baque surdo de seu corpo indo de encontro ao asfalto sujo.

14 comentários:

cáh disse...

nem sempre a perfeição é o q parece ser... cada um sabe o que lhe faz feliz...

Bjks e bom find

càh

ღ Sensitivity ღ disse...

Nossa uma vida que todo mundo gostaria de ter, ainda mais euzinha formada em Direito e tem o sonho da magistratura.
Bom, nem tudo que parece é. Nem tudo que parece bonito, é pura felicidade. A gente nunca sabe o que realmente acontece na casa ao lado, principalmente no coração do outro. Beijinhos.

Ana Paula Gervason disse...

Realmente nem sempre tudo é perfeito! As vezes a maneira que enxergamos o outro é que é perfeita...
Pode fazer o cheesecake amanhã que vc vai amar...é simples e muito fácil!


Bjss e um maravilhoso final de semana!

http://toutlamour.blogspot.com

Neusa Silva Vaz disse...

Oi Renata!!!

Que profundo esse texto!!! Gostei do seu blog!!!

Bjos!!! Tenha um final de semana especial!!!!

FabiolaTeles disse...

É muito triste tudo isso!!
Bom fim de semana...
Fabiola.
http://blogencontrandoideias.blogspot.com/

Madamenutso (Helo) disse...

Puxa, é para se pensar, hein? Às vezes nem tudo é o que aparenta ser... Beijo!

http://madamenutso.blogspot.com/

mundoZth disse...

A felicidade aí está nos olhos de quem a descreveu, sei lá, acaba que nem tudo é realmente o que aparenta ser. Cada um sabe o que carrega dentro de si. Beijos Rê

Rosane Cristina disse...

Nossa!!! Esse texte é um soco no estômago. A vida do vizinho sempre parece mais perfeita que a nossa, até que acontece algo assim e todos se questionam o por quê...quem vai saber, quem tinha a resposta se foi. Nada é perfeito. A mente humana possui meandros pelos quais ninguém navega.
Amei o texto, bem reflexivo.
Bjs.
tantasdemim.blogspot.com

disse...

As vezes não é só o coração que nos prega peças, não é?
A razão de vez em quando se perde e aí é ainda mais complicado que a emoção descuidada!!

Carol Morais disse...

Nossa, Rê..FORTE.
EU fui lendo e imaginando: nossa, tem gente que realmente tem tudo, mas será que esse TUDO é tudo mesmo? É suficiente para sermos felizes? Esse final nos faz pensar se vale a pena ter tudo carregando uma alma vazia...
Belo Texto!

Daniele Barizon disse...

... e quem poderá dizer onde está a felicidade...???

Bjs!!!

Guilherme disse...

Vai saber o que nutre a flor por debaixo da terra...

Quadro Feminino disse...

As coisas não são perfeitas, apesar de aparentar e nós somos seres complexos... Difícil!!!
Já estou te seguindo!
Venha nos conhecer!
Bjim, Ci
http://quadrofeminino.com.br/

CaFoFo online@ disse...

Contos de fadas também podem terminar em tragédias... mas acho faltou uma dose de otimismo na vida dela, de fé, principalmente.

Você escreve leve, gostoso, e é das minhas, nada de ser prolixa.

Cheguei através do blog Desmondier...

Fiz um tour por aqui, sua playlist é de um bom gosto musical daqueles, e seu blog cheio de coisinhas ternas, dessas que fazem bem olhar logo cedo como tô fazendo agora :)