domingo, 2 de setembro de 2012

Fim de Inverno


Manhã azul
clara em sol de fim de inverno
esquenta a alma
e o coração serena ao encontrar-te

Em cada esquina
brisa fresca refreia o anseio
que se traduz em mãos nervosas
prontas para encontrar as tuas

E então o beijo:
de momento exato,
de olhos nos olhos
acaricia e transborda o que se previa

E então a soma...
pronta a multiplicar-se
em sentimentos de paz e felicidade
nos sorrisos de lábios juntos.


10 comentários:

Dona Sra. Urtigão disse...

primavera na alma !

disse...

Primavera, felicidade, romance... alma em agitação!!!

Betty Gaeta disse...

Oi Rê,
O poema está lindo!!! Mas cadê o inverno? Este ano ele não passou por aqui.
Tenha uma ótima semana.
xoxo

Gosto disto!

Adriana Alfaro disse...

que delícia que é chegar na primavera heiin!
não conhecia o blog, adorei!
beijooos!

Solange disse...

Rê..

preciso de um poema desse em minha vida... rs

bjs.Sol

disse...

Pois é Betty, esse ano deixou a desejar mesmo... espero que o verão nao castigue!!!
Bjss

disse...

Obrigada Adriana, volte sempre....
Bjs

disse...

Sol!!!
esse poema custou a chegar na minha vida.
Mas agora que chegou estou determinada a faze-lo durar bastante!!!!!
Beijosss

Margot Félix disse...

"Sorrisos de lábios juntos", gosto muito disso. :)

meus instantes e momentos disse...

que bom voltar aqui...
Maurizio