quinta-feira, 5 de junho de 2008

A Bolsa Feminina: cabe tudo!

Quem que já não passou pela situação de estar num restaurante e o celular começar a tocar dentro da bolsa!!??
Começa, então, a caça ao pequeno aparelho que não para de gritar... ring...ring....ring... O desespero toma conta e dentro da bolsa sua mão passa por milhões de papeizinhos, batons, óculos, balinhas, agenda, escova, carteira, canetas, folhetos, contas para pagar, uma amostra de perfume que ganhou numa loja... ring...ring....ring... E quando finalmente você consegue alcançar o bendito aparelhinho... Alô?... Alô?... Silêncio. Claro, o celular parou de tocar porque a pessoa desistiu de esperar você atender! E as pessoas das mesas do lado estão todas olhando...



A bolsa feminina é digna de quem faz halterofilismo. Tanta coisa, tanto peso, tanta inutilidade. Mas você pode jurar que precisa sempre de cada uma daquelas coisas. Só quem não precisa é sua coluna, que está se desmantelando e nem quiropraxia, R.P.G. ou acupuntura darão jeito.
As bolsas ‘gigantes’ estão na moda e o tempo que se leva tentando encontrar um documento, as chaves do carro ou uma simples caneta triplicou. Essa moda veio mesmo para acabar com sua imagem de mulher organizada e competente.

Não sou a melhor pessoa para isso, mas deixo aqui algumas dicas para tornar a bolsa um pouco mais funcional e leve:
- Você não é caracol. Não precisa levar a casa nas costas. Despeje tudo que está na bolsa numa mesa e analise, friamente, o que realmente precisa quando está fora de casa.
- Separe os itens: Telefone celular (geralmente as bolsas tem um cantinho só pra ele. Coloque-o ali, por Deus, para não perdê-lo), uma pequena nécessaire com cosméticos básicos (sabe o que é básico? SÓ O BÁSICO!!), carteira com cartões, documentos e dinheiro, uma caneta (UMA CANETA!), remédios, óculos e chaves. Mais do que isso e você está chegando ao limite do que seus ombros e coluna podem agüentar.
- Jogue no lixo todos os papeis de bala e os folhetos de propaganda que não te interessa. (os que interessam guarde em casa!) Contas pagas, arquive em casa. Cartões de visita, coloque na carteira ou guarde em casa. E as moedas (ahhh... as moedas...) coloque na carteira ou arranje um porta-moeda.

Acho que é isso!!!

Sei que a arrumação não durará muito tempo, pois logo ali na esquina tem uma Loja Americana que você entrará para comprar umas balinhas e mais adiante milhares de panfletistas insistindo para que você visite a Mãe Naná para ‘amarrar’ qualquer trabalho ou uma nova clínica dentária com obturações promocionais...

Ahhhh... e é terminantemente proibido pegar livretos promocionais da Casa & Vídeo!!!

10 comentários:

Parmitaum disse...

A bolsa feminina é um universo paralelo separado do universo masculino por um ziper...


bjaum

disse...

Essa é uma definição perfeita!!!
rsrsrs

Lidi disse...

Eu ADOREI quando essas maxi-bolsas apareceram. Sim, eu carrego minha casa dentro dela. Me dizem que um dia serei processada pelas lesões que causarei a possíveis ladrões, o cara tem que ser contorcionista pra conseguir pegar alguma coisa sem que eu note. Por isso, obrigada pelas dicas. HAHAHA!

:*

Lady Dê disse...

Virou escritora de auto-ajuda agora, Rê?
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ótima crônica!

Não sei se vc se lembra, troquei minha maxi-bolsa por uma pequenininha de pano. Minha secretária está sempre chocada pq consigo me perder naquela coisinha. Mas, como ela é de tecido, ao menos consigo ouvir o celular.

O q? Pq não te atendi? Ah! Eu disse q consigo ouvir o cellular e não q ficou mais fácil encontrá-lo!

disse...

É, Dê, vc é um caso perdido... sinto informar!!!
rsrs

Francis disse...

Não consigo conter os meu risos quanto a cena narrada, fato é que já presenciei caso parecido várias e várias vêzes...

A propósito, não tinha umas bolsinhas mais feias pra ilustrar não??

Anônimo disse...

oi minha nova amigaRÊ.

Muito ciativo seu blog.
adorei asinforações sobre as bolsas.
voltarei mais vezes.
parabéns.

Sua nova amiga.



Regina Coeli.


Te aguardo no cantinho da deusaodoya.

Dih. disse...

Ahahaha.
ADOREI!
e tenho que admitir que adooro bolsas grandes.
daquele tipo sabe:
quanto maiores, melhores!
aksoaksoksosksoa,

e pra ser bem sincera acho que nem tenho bolsa pequena..

e sabe qual o mais interessante??
é que nem carrego tanta coisa assim..
ahahahaha
Uso porque as considero mais estilosas sabe..
=D

Beeeijããão!
;*

obs: Feliz por te fazer rir!

disse...

Bem vindo os amigos novos (e suas bolsas enormes)... rs
Os sem bolsa tb são bem vindos...

Como disse, não sou a pessoa mais indicada para dizer o que é certo ou errado, pois tb amo bolsas grandes. Até porque elas ficam melhores em mim, j´´a que sou grande tb!!!
rsrs

ViviaNNe SeNNa disse...

Engraçada e realista essa sua crônica sobre as bolsas. Me amarrei! Vc é Demais!
Coloquei o seu Blog entre os favoritos do meu!