terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Mayo em Mim


Bem vindo de volta amor

Desfaça as malas

Me dê um abraço

Se aninhe em meu colo

Deixe todo seu cansaço

Me conte seus planos

Seus dias, seus casos

Abra a porta da vida

Pra que eu siga seus passos

Bem vindo de volta amor

Espero que fique

Que faça de mim o seu lar

Seu porto seguro, seu mar

Se envolva sem medo de amar

E possa as feridas curar

Bem vindo de volta amor

Pelo menos me ligue

Pra eu saber como está

Pra saber como estou

Pra saber que a vida

É mais sua que minha

13 comentários:

Néia Lambert disse...

Extremamente românticas as suas palavras

cáh disse...

Como sempre é um prazer visitar sua pág pelos lindos posts que nela contém...
Falar de amor é sempre essencial num mundo onde muitos apenas utilizam a palavra amor de forma vil... sem ao menos sentir sua plenitude ...
bjks

Betty Gaeta disse...

OI Re,
Vc se superou. O poema está lindo!
Bjkas e uma noite maravilhosa para vc.

http://gostodistonew.blogspot.com/

Solange disse...

Rê..
emocionou-me demais tuas palavras..

como eu gostaria de falar tudo isso pra um amor que ainda vive dentro de mim..

bjs.Sol

Daniele Barizon disse...

Minha amiga,

Vidas que se completam!! E precisa mais???

Bjs e boa semana!!

ღ Sensivity ღ disse...

Uuuulala... Que post mais lindo. Com certeza foi o texto mais lindo que eu li hoje. Parabéns. Falou com a voz do coração, né? Beijinhos.

Marcos de Sousa disse...

Indiquei-lhe a um desafio. Depois veja lá no meu blog.

http://omundosobomeuolhar.blogspot.com/2011/01/beleza-da-diferenca.html

Beijos

William disse...

Que paz e serenidade, que suas postagens transmitem. Para uma sexta feira que está começando, nada melhor.
Bom dia!!!

Michele disse...

Lindo Rê

Beijos

Mih

disse...

Que texto lindo amiga....
Saudades de vc....

disse...

Sou mais de prosa que de poesia, mas as vezes as palavras fervilham em minha mente como versos soprados ao vento e nao posso deixa-los escapar.
Que bom que gostaram..

Beijos a todoss!!!

Anônimo disse...

Amiga querida
Teu poema me fez lembrar de um conto muito antigo:

A RAPOSA E O LEÃO
Um homem descobriu um dia uma raposa sem patas. Curioso para saber como ela podia se manter em vida, ele decide espiá-la. Logo viu chegar um leão, com carne em sua boca. O leão comeu um pouco e deixou o resto; a raposa então se alimentou.
Nosso homem, que havia observado toda a cena, concluiu que devia fazer o mesmo: a Providencia não poderia fazer de outra forma do que lhe dar o mesmo tratamento!
Ele esperou muito tempo.... Tudo que aconteceu foi ele ficar cada vez mais e mais fraco. Finalmente, escutou uma voz que lhe disse:
“Não te conduza como uma raposa aleijada! Seja um leão, de maneira que tu possas obter alguma coisa e também deixar para os outros!”

ACORDA ALICE: MELHOR QUE ESPERAR É FAZER

disse...

Ahhh... meu amigo anonimo querido, que só é anonimo por aqui, mas para meu coração és intimo a tempos. Sei teu nome e tua alma e não podes mensurar o quanto te admiro e escuto.
Tudo que me dizes fica guardado aqui dentro e mesmo que as vezes eu nao consiga colocar em pratica tenha a certeza absoluta que ja me valeu, de alguma forma me valeu e muito.
Amo-te, amigo, irmão, pai, alma...
Obrigada.