domingo, 3 de julho de 2011

Dia longo...


Ai que delícia passar o dia esperando ele ligar para aquele tão esperado encontro.
A moça, que não sentia isso há muito tempo, achou que a ansiedade poderia estragar tudo e tratou de se acalmar. Passou o dia encontrando coisas para fazer, mas com o celular em punho para não perder de maneira nenhuma o telefonema do rapaz que a encantou durante alguns dias de conversas longas pela internet.
Se esbarraram virtualmente sem querer. Não pareciam ter muito em comum, mesmo assim ensaiaram uma primeira conversa e deu certo. Algumas afinidades iam surgindo e cada dia as convesas ficavam mais longas.
Ela acabara de completar 29 anos, mas se sentia novamente com 18, com aquele frisson que aperta o peito e fazem as borboletas do estômago voarem inquietantes. Ele, mais novo, talvez tenha se encantado nas experientes histórias que ela contava entusiasmada diante do interesse dele, dos comentários que fazia e das perguntas curiosas.
Trocaram telefones, conversaram algumas vezes assim, mais próximos, ouvindo as vozes e os sorrisos mais soltos diante de alguma gentileza ou elogio. E assim um encontro foi marcado para o fim de semana. Um cineminha, um jantar depois, quem sabe...
E o fim de semana chegou. Era domingo. E arruma armários e coloca a leitura em dia e responde e-mails e finaliza projetos e o dia não passa!!!
Mãos suadas, os pensamentos voam e nada de se concentrar em qualquer coisa. Só esperando o telefone tocar.
E toca.
É ele...
Encontro confirmado. Corre para o banho, escolhe uma roupa bacana e sai.
O encontro?
Usem a imaginação. Porque ela usou e deu certo. Tudo aconteceu como ela havia imaginado por todo aquele dia.

16 comentários:

Rosane Cristina disse...

Ah, Rê!!! Esse texto tem tanto a ver con tanta gente hoje em dia, e claro que comigo também. É tão bom quando eles ligam, a imaginação aflora e tudo acontece. Foi assim com o meu amor, que achei que nem ia gostar e hoje nem me imagino sem ele. Chegou meio desajeitado e hoje é o motivo do meu sorriso.
Adorei ler seu texto. Você como sempre ótima.
Bjs.

Solange disse...

e olha que a minha imaginação é bem fértil... =)

bjs.Sol

Juliana Manente disse...

Como assim? Cadê o próximo post?
Minha imaginção não tem limites, mas quero saber que história é essa?
Por enqto maravilhosa, não pelo fato do encontro, mas pela ousadia, pela inspiração, pelo sentimneto de ser jovem, de amar, de ser feliz!
Fofíssima, avisa essa moça aí da história, que de 29 anos, com essa animação e inspiração, ela voltou aos 10, facilmente, qdo a barbie esperava o ken hahahaha que saudade dessa época...
Adorei a história fictícia????
bjssss e ótima segunda!!!!

FabiolaTeles disse...

Otima semana..
Fabiola.
http://blogencontrandoideias.blogspot.com/

Betty Gaeta disse...

Oi Re,
Que delícia de conto. Não importa a idade, a ansiedade do primeiro encontro é sempre a mesma!
Bjkas e uma semana maravilhosa para vc.

www.gosto-disto.com

Ana Paula Gervason disse...

Eii Rê!
Adorei o texto, fiquei emocionada aqui...
Acho que não tem idade para sentir borboletas no estômago...é tão bom né?!
Que bom que no final deu tudo certo!

Bjss e uma maravilhosa semana...

http://toutlamour.blogspot.com

ღ Sensitivity ღ disse...

Há, agora queremos saber??? Olha que a minha imaginação é bem fértil, risos. Fico feliz que tenha dado tudo certo como ela queria. Beijinhos.

Gessica Santiago disse...

Eu fico mt tempo sem visitar você, mas quando venho aqui me sinto confortada.
Seus textos são sempre mt bons, e quando eu to triste e quero distrair a minha mente eu venho pra cá!
Dou uma olhada no que tem de novo. Goste e me sinto bem melhor!!!

Sobre o post... tenho pouco tempo, dois anos de namoro, mas quando vou encontrar com ele, ainda fico nervosa. Não do jeito que foi da primeira vez, mas nervosa.
E é a melhor sensação do mundo!!

Beijos e aproveite!
=)

KINHA disse...

Olá Re

Adorei a sua visita, obrigada.

BJoooooooo..........

http://amigadamoda.blogspot.com

Neusa Silva Vaz disse...

Oi Rê!!!

Tudo bem???

Você escreve muito bem, eu me sinto na situação, rsrs!!!

Adoro vir aqui!!!

Bjos e tenha um bom dia!!!

Madamenutso (Helo) disse...

Que texto maravilhoso! Me senti na história! Beijo!

http://madamenutso.blogspot.com/

Lobo disse...

Juro que estava esperando uma tragédia.

Mas é bom sonhar as vezes, não é? XD

Um beijo.

disse...

rsrsrrsrs
Arráá, peguei!
As vezes também sei ser romântica, Lobo!!!

Ana Paula Gervason disse...

Rê querida!

Passando por aqui para desejar uma maravilhosa noite...

http://toutlamour.blogspot.com/

Grazyela Machado disse...

Acredito não! e eu esperando o final, kkkk mas vou usar a imaginação! bjssssssss

Daíse disse...

Aaaaaaaah, q ansiedade boa essa a de esperar!!!!

Bjo!