sábado, 31 de janeiro de 2009

SimpatiCão

Ontem assistindo TV tive uma grata surpresa. Há algum tempo parei de assistir Globo Repórter por achar que tinha caído na mesmice, sempre as mesmas matérias sobre Pantanal, Cobras, Lagartos, Natureza, Blablabla. Mas nesta última edição o repórter Helter Duarte, depois de perceber o carinho que as pessoas tinham pelo seu cão Otto, resolveu fazer a matéria Louco por Animais. Logo na primeira matéria não tinha como não se emocionar: A estudante Caroline Rachel de Oliveira é filha única de um casal de médicos. Em 2005, ela soube que estava com câncer. A chegada do cão Nick, da raça pug, foi importante na luta contra a doença. Nick se tornou amigo, companheiro e esteve presente em todo o tratamento. Sua mãe admite que a cura se deu em função do amor de um pelo outro.
(Vale muito a pena dar uma olhada no vídeo)


Somos realmente loucos por cães.

Meu primeiro cachorro chegou aqui em casa há apenas 3 anos. Chicão é um pintcher carinhoso, dengoso e que se entristece em dias nublados. Essa história que cães dessa raça são agressivos e chatos é mentira. Chicão gosta de festa e de colo!!

Agora, há 4 meses, chegou a Zoé ou ZoZo para os íntimos. Uma poodle mestiça (comprei como 'original', mas o veterinário não me enganou, é mesmo uma vira-latinha) de cor chocolate, arteira que gosta de chamar atenção com suas brincadeiras. Também extremamente carinhosa e morre de ciúmes do Chicão: quer a atenção toda pra ela e só pra ela.

Chicão e Zoé são as estrelas aqui de casa. Não dá mais para imaginar a vida sem eles...

26 comentários:

Aninha disse...

um caozinho pode ser melhor q um humano em certos momentos...

Carlos Junior disse...

O CACHORRO É SEMPRE UM PARÇA

PARABENS PELO BLOG E PELO TEXTO

Adriana disse...

Hoje não tenho nenhuma dúvida q eles são amigos melhores q muitos seres humanos. Só falta os seres humanos perceberm isso. Tb me emcionei muito vendo o programa..
Adriana

Adriana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jéssica disse...

Tb deixei de assistir Globo Reporter por pensar assim como vc.
Não vi o programa, mas deve ter sido lindo. Amo meus cachorros e só de pensar que terei que me separar deles (tô me mudando pra outro estado) me parte o coração.

Chicão e Zoé são umas fofuras!!!
*_____*

=D

Jessica Berdych Laviere disse...

Ah tbm assisti o programa ontem,tenho um cahorro e uma hamster e em certos momentos prefiro eles a lidar com pessoas chatas e falsas,como não tenho mta sorte no amor sempre brinco dizendo "Quanto mais conheço os homens,mas prefiro meu cachorro".

São lindos seus cachorros,nota-se no post o amor que tem por eles.

Bjos flor!

Millena Moderadora disse...

Realmente é a pura verdade o globo repórter sempre traz matérias iguais,mas de vez em quando eles têm idéias criativas e colocam matérias boas.

Gúh! disse...

Gente minha cachorrinha deu filhotes *--*

não sei o que fazeeeerr !


uma delas é cega, estou com medo de doar para alguem e a pessoa maltratra-lá :(

Jeremias disse...

O globo repórter há muito caiu na mesmice. É bom saber que voltaram a fazer algo interessante...

Tuliio Mustännen disse...

Bacana matéria sobre cães...
Concordo que o globo reporter ja está batido com aquelas materias sobre animais, abrolhos, natureza e etc...
Excelente texto, parabéns

Tati Claro disse...

fiquei sensibilizada com os calotes que vc levou, entao estou aqui.
Ahhhh os seus caachorros sao lindinhos de maisssss. eu tenho dois tambem..
parabens pelo blog!

Felipe disse...

Não é a toa que o cachorro é conhecido como o melhor amigo do homem né? Eles são capazes de fazer coisas impressionantes!

www.centralldamusica.blogspot.com

Bia Mecânica disse...

Oiiee...
rsrs, parabéns pelo seu blog também então. ^^'
Adorei o seu blog, moça. Que legal! Adorei o post do Millôr, sou fã dele... já leu o livro "A Bíblia do Caos"? hehehe, tem ótimas frases dele lá. =D

Tenho dois cachorrinhos e uma gatinha também e eu os adoro muuuito, de paixão mesmo. O poodle que a gente tem aqui, o Lula, já tá velhinho, velhinho, acho que não vai demorar muito pra ele partir. Já a pintcher, Chicorita, tá fortona ainda, tem quase 8 anos e a velhice parece passar longe dela. ^^'
E tem minha gatinha Chelsea (que se vc olhar no meu blog, vai ver que tem um post exclusivo pra ela, hehe).
Cachorros e gatos são amigos pra toda hora, mesmo que seja triste. E quando vc está triste eles parecem te olhar dizendo "Ei, fica assim não, eu tô aqui!". Adoro esses bichinhos.
Até mais!
Beijos*

Elcio Tuiribepi disse...

Oi...não é que esses danadinhos acabam mexendo com a gente...
Vi uns pedaços do programa, mas nem precisava, minha Lei de Murphy me ensinou muito no tempo em que esteve aqui conosco...bom final de semana...um abraço na alma

Reporter x disse...

Cachorros são bichos acima de tudo leais!

Ricardo Thadeu disse...

Assisti o Globo Repórter e me emocionei ao lembrar da minha cadela Cristal que morreu de morte natural há três meses.
Os animais entendem o sofirmento humano e auxiliam na recuperação de doentes.


Até.

Anynha ^^) disse...

Adorei seu blog, os cães são lindos....

By Anynha ^^)
www.garotas-amc.blogspot.com
www.anynha-nanda.blogspot.com

Mandy disse...

Ah eu vi esse dia!
=)
Foi mesmo muito bom, teve até a menininha que chorou pq ficava feliz q o cãozinho dela salvou pessoas no dia q desabou alguma coisa lá, o dono é ate um bombeiro...

;)

Henrique Hemidio disse...

A relação do homem com o cão muito me intriga, ainda ontem me emocionei ao ver um cão deitado ao lado de um mendigo...

30 e poucos anos. disse...

É amor incondicional !!! Só quem tem um cachorro pode saber!!!

Marcos Miorinni disse...

É muito bonito comprovar que este tipo de relação
traz benefícios que as vezes a própria medicina nunca terá, o amor.

abraço das letras

War Inside My Head disse...

São verdadeiros amigos, eu mesmo tenho dois, uma Coolie e um puddle toy...
Amo animais !
Beijos!

Wander Veroni disse...

Oi, Rê!

Também achei que essa pauta dos animais de estimação do Globo Repórter foi muito bem bolada por trazer histórias e personagens diferentes que tinham a ligação emocional com seus animais um fator de vida importante e modificador.

Também temos um pincher aqui em casa, mas ao contrário do seu ele é agressivo, sistemático e mal humorado. Ele só se dá bem com a minha irmã e com meu irmão. Detesta visitas aqui em casa e é super ciumento. Mas eu admiro a raça pela fidelidadee cuidado que ele tem com os donos. É um cão muito carinhoso e se sente um filhote sempre - o daqui de casa tem 8 anos.

Abraço

computaki disse...

tem cão q e incrivel, so n gosto de puddle, q fica latindo q nem loko e ainda é feio
http://computaki.blogspot.com/

Paulo Tamburro disse...

TENHO 4.NÃO TROCO, NÃO VENDO E QUERO MORRER PRIMEIRO DO QUE ELES.

Homenzinho de Barba Mal feita disse...

Eu também deixei de assistir ao Globo Reportér. Tava muito chato com aquelas matérias sobre nutrição. Mas eu gostei dessa matéria. O interessante que quem receitou o cachorro, foi o próprio médico.

O meu último cachorro morreu devido aproblemas de rim. Mas até hoje nunca conheci um cachorro tão temperamental quanto aquele. Eu tenho certeza que ele era Bi-polar.