terça-feira, 13 de maio de 2008

Romantismo (???)



Depois que criei esse blog tomei por costume passear por blogs alheios e tenho visto muita coisa boa para divertir, discutir ou refletir...
Um amigo acabou de postar um texto sobre o romantismo e me peguei pensando se sou romantica, se quero romantismo em minha vida, se ainda é possivel ter romantismo nesse mundo louco.
Bem, segundo Vander Lee "Romanticos são poucos, romanticos são loucos, desvairados..."
São?
Loucos ou sonhadores???
Há quem diga que sou muito cética ou muito dura comigo mesma, mas depois de tantas decepções não acho errado querer me preservar um pouco. Muita gente deve viver assim...
Tá, posso confessar... não seria nada mal receber flores, ter músicas dedicadas, datas lembradas, telefonemas no meio da noite, torpedos carinhosos, mãos dadas em praça pública...
Ainda resta uma esperança...

2 comentários:

Francis disse...

Não sei se tudo isso é necessário, penso que tudo o que é gesto de carinho de certa forma faz falta, mas convenhamos que em excesso até o açúcar fica amargo.
De vêz enquando pra demonstrar afeição, nunca se deve deixar quem amamos sem alguma evidencia do que sentimos, por mais casca grossa que seja (viu? Te chamei de casca grossa), mas para o homem que ama é mais do que isso, é difícil ser romantico quando o cotidiano ensina que é banal, ouve-se muito das mulheres "isso é melação", todo homem carrega dentro de sí vontade de se expressar pra quem ama, mas acreditem, somos inseguros, mais do que vocês se acham ser.
Desilusões todos temos ou teremos um dia, mas querida lady, desistir jamais. Você merece ser amada... com uma doságem de açúcar no ponto certo.

disse...

rsrsrsrsrsrsr
Não sou Casca Grossa e ainda te conto um segredo: as vezes me acho 'pegajosa' demais. É a boa e velha insegurança mesmo.
Como vc disse, de os homens se preservam, talvez deveriamos fazer o mesmo.
Sou romantica sim, mas contida...