terça-feira, 24 de março de 2009

O Máximo de Max Nunes

Max Nunes nasceu no Rio de Janeiro, em 1922. Médico, acabou se tornando um dos maiores humoristas brasileiros. Criador do famoso programa Balança, Mas Não Cai, da década de 50, na Rádio Nacional, onde se consagraram, por exemplo, atores como Paulo Gracindo e Brandão Filho, nos papéis do "Primo Rico e primo Pobre". Passou pelo Diário da Noite e Tribuna da Imprensa. Como cronista é autor de textos sobre o cotidiano do Rio de Janeiro. Vários sucessos de Jô Soares têm origem em textos de Max Nunes, como o das personagens Capitão Gay e a cantora lírica Nanayá Com Ypsilon. Hoje é um dos produtores do Jô Soares.
Fonte: Wikipédia

As pérolas abaixo foram extraídas de "Uma pulga na camisola - O máximo de Max Nunes", Companhia das Letras - São Paulo, 1996, págs. diversas, seleção e organização de Ruy Castro.

-- Era tão azarado que, se quisesse achar uma agulha no palheiro, era só sentar-se nele.
-- A prova de que o balé dá sono na platéia é que os artistas entram sempre na ponta dos pés.
-- Não é que as moças de hoje sejam mais bonitas. É que as de ontem já deixaram de ser.
-- O casamento é como a pessoa que quer tomar um copo de leite e compra uma vaca.
-- O casamento é o único jogo que acaba mal sem que ninguém ponha a culpa no juiz.
-- Os homens casados se dividem em três categorias: os polígamos, os bígamos e os chateados.
-- Com as ruas esburacadas desse jeito, é preciso ser muito virtuoso para não dar um mau passo.
-- O difícil de confundir alhos com bugalhos é que ninguém sabe o que são bugalhos.
-- Democracia é aquele regime pelo qual qualquer cidadão pode ser presidente da República, menos eu e você, naturalmente.
-- Duplicata é uma coisa que sempre vence. Nunca empata.
-- Houve um tempo no Brasil em que ninguém tinha dinheiro. É hoje.
-- Há casais que se detestam tanto que não se separam só pra um não dar esse prazer ao outro.
-- O eleitor, obrigatoriamente, tem que ser qualificado. O candidato, não.
-- Algumas mulheres são tão feias que deviam processar a natureza por perdas e danos.
-- Já foi o tempo em que a união fazia a força. Hoje a União cobra os impostos e quem faz a força é você.
-- A prova de que tudo subiu de preço é que até uma coroa já é cara.
-- Uma camisa nova tem sempre um alfinete além daqueles que você já tirou.
-- Opinião é uma coisa que a gente dá e, às vezes, apanha.

20 comentários:

Gessica Santiago disse...

Ahhhh
Adorei *-*
Adoro crônicas e ele é tão engraçado e irônico!!

Beijos, Rê !

Marcus disse...

muito bom essas frases...
vou mandar do casamento pro meu irmaum q vai casar!
kkk

ramelaum.com

Mafia171 disse...

puts tem umas frases muito fodas ai, sobre o progama me lembrei daquele musica "ela balança mais nao cai" Uu
kkkkkkkkkkk

Eu amo a E.Y. disse...

Oi Renata, Max Nunes é um grande nome da TV brasileira. O cara conheceu pessoalmente o Noel Rosa!

Parabéns pelo Blog, tá muito bonito.

Beijos!

http://eu-amo-a-ey.blogspot.com/

RodrigO [PortugA] disse...

kkkkkkkkkkkkk
Muito bom!
Ouvi muito falar do Max Nunes, mas nunca me interessei em ver suas obras, depois desse post me interessei bastante por sua história.
Vou procurar a tal pulga na camisola pra eu ler!
bjO*

Ingridtje disse...

Essa aqui eu Adorei:
Há casais que se detestam tanto que não se separam só pra um não dar esse prazer ao outro

zapazone disse...

U-A-U!
Completamente sarcástico, claro, adorei!
Deu até vontade de comprar o livro... rsrs

Olha, Renata... gostei muito de seu blog, provavelmente voltarei e me tornarei seguidor... parabéns!

;)

André Mattos disse...

Gostei, mas principalmente desta: -"- Houve um tempo no Brasil em que ninguém tinha dinheiro. É hoje"
O humor que hoje se faz na TV brasileira não se compara ao de alguns anos atrás, pouco se salva. Faz falta um humor mais fino e uma frasezinhas destas.
Valeu!

http://bemcontar.blogspot.com

KGeo disse...

esse é o grande brasileiro

Leo Pinheiro disse...

SÓ FALTAVA SER FLAMENGUISTA, PQ TORCER PRO AMÉRICA NINGUÉM MERECE...RS

Carlos Eduardo disse...

Gostei,
e confesso que não conhecia ele. E claro, é sempre bom conhecer coisas novas.


Sobre o seu comentário,
pois é.. acho que já escrevi coisas melhores, fiz o texto na obrigação, daí dificilmente iria gostar.





http://putoanonimo.blogspot.com

Marton Olympio disse...

Pois é.
Do tempo que se falava Duplicata, coroa, entre outras coisas.
Acho que o Max marcou época e ainda bem que o Jô, sempre que o ego permitia, dava crédito ao cara.
Longa vida a quem faz humor.
Mesmo que seja considerado, leitura menor, é um texto dificil de cosntruir.

beijos

http://martonolympio.blogspot.com/

ps.: vc ainda não disse se a foto ali de cima é de Petrópolis.

KGeo disse...

nenhuma mulher é feia, depende da bêbida

Marton Olympio disse...

De novo aqui :)

Paulo Tamburro disse...

OI RENATA,Max Nunes , hoje trabalha na assessoria do Jô Joares.

Você já deveria saber, só estou lembrando.

Bela homenagem!

Renan Barreto disse...

Ele é demais mesmo. A Rádio nacional era tão importante que inclusive foi o espelho da programação da Globo de hoje. Eu tento propor no meu blog a mesma linha do rádio, que é: Informar e entreter. Bem, aqui você faz isso também.

As frases dele são impagáveis. Eu ri muito cada vez que passava os olhos por essas linhas rsrs

Valeu, Rê! E me prometa uma coisa: O seu terceiro filho tem que se chamar Renan!!!

Bjo e valeu pela força.

Wander Veroni disse...

Oi, Rê!

O Max Nunes é o cara. Olha como o humor dele é tão anacrônico...tem coisas que não mudam com o tempo. Tenho saudade desse humor mais inteligente, que usa o cotidiano para fazer uma crítica responsável e engraçada.

Ah, tô te seguindo. Gosto muito de dar uma passada por aqui e dessa forma fica bem mais fácil acompanhar os seus textos.

Beijos,

=]

-------------------
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Gu Zapata disse...

Oi, voltei... hehe

Então, agradeço também sua visita, e digo-te que será igualmente bem-vinda sempre que quiser ler minhas "coisinhas", rsrs

Beijs.

--
Zapa Zone-Guy

Homenzinho de Barba Mal feita disse...

Só o conhecia de nome, mas já vieri fã dele. Muito boa essa seleção. vou ver se compro esse livro.

Nat Valarini disse...

Olá!

Isso que é mente sã e sábia!

Adorei as frases em especial a que fala sobre a união, hehehe...

Como podemos ver, o tempo passa e as sacadas de Nunes sobre política, finanças, etc., continuam atualíssimas.

Aí eu me pergunto:

-Será que o cara era assim tão bom de humor ou foi o nosso país que não mudou?

Deixo a pergunta no ar... rs...

A verdade é que é um pouco das duas coisas.

Kiso

http://garotapendurada.blogspot.com/